Siga-nos

Cultura

Projeto deve privilegiar natureza e conexões na Vila Mariana

Publicado

em

Em outubro do ano passado, a AESabesp lançou o concurso para selecionar melhores ideias para o futuro Museu Água.

Vários escritórios de arquitetura apresentaram propostas e os cinco melhores foram conhecidos em cerimônia realizada na sede do Mam. “Agora os projetos pertencem à AESabesp, mas vamos estudar a viabilidade financeira e técnica de todos eles, desenvolver o projeto executivo”, explicou a presidente da AESabesp, Viviana Borges.

Foi possível perceber que a proposta vencedora mantém a estrutura histórica mas cria uma moderna construção ampla e moderna lateral. A área externa tem recantos verdes em destaque, bem como espelhos d’água, valorizando a temática ambiental. A fluidez entre os espaços também é perceptível, bem como a luminosidade e ventilação naturais no projeto, permitindo eficiência energética.

O valor total da premiação foi de R$ 80 mil reais, sendo que metade desse valor foi para o vencedor, a SIAA_ Arquitetos.

Viviana ainda destacou que o futuro museu representará “o resgate da história com metodologia, a experiência de ontem para que as novas gerações se apropriem delas e proponham novas, melhores e mais ágeis soluções para o futuro”. A engenheira realçou que, de acordo com a Organização da Nações Unidas – ONU, 2,1 bilhões de pessoas no mundo não têm acesso à água potável. E que quando os diversos países se reúnem na ONU para discutir sobre sustentabilidade, eles ressaltam a importância da água e do saneamento.

Vencedores do concurso Museu Água, pela AESabesp

O prefeito Bruno Covas foi representado pelo secretário de Infraestrutura Urbana Vitor Aly que, durante o evento, ressaltou a importância do empreendimento cultural para a cidade e destacou a parceria com a prefeitura. Para ele, a questão do concurso é interessante porque abre aos técnicos e profissionais a liberdade de sua criação. “Sou um defensor do projeto executivo. Entendo que a beleza da engenharia está no projeto, na obra, que nada mais é do que a consequência de um sonho do profissional organizado no papel e materializado fisicamente”, avaliou. “Parabéns a todos pela coragem e por chegarem até o final”.

Leia mais:

A presidente da AESabesp ainda valorizou a localização do museu em um espaço diretamente ligado aos rios subterrâneos paulistanos e à história do saneamento básico em São Paulo. “Vamos precisar muito do apoio da comunidade de Vila Mariana para que esse projeto se concretize”, finalizou.

Veja algumas imagens da proposta vencedora para a arquitetura do futuro Museu:

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados