Siga-nos

Turismo e Lazer

Maior roda gigante da América Latina está em montagem

Publicado

em

Ainda como parte do projeto Novo Rio Pinheiros mas não no Parque Bruno Covas, está em montagem já aquela que será a maior Roda Gigante da América Latina. A expectativa é de que seja inaugurada ainda em julho.

A “Roda São Paulo” ficará abrigada em uma área de 4,5 mil metros quadrados, no Parque Candido Portinari, ao lado do Parque Villa-Lobos, zona oeste da capital.

A Roda Gigante será oficialmente a maior da América Latina superando as instalados em cidades como Paris, Toronto e Chicago. De acordo com a empresa responsável, a roda tem um design único, leve e sustentada por cabos ou estais especialmente pensados para se integrar à paisagem urbana. Serão 42 cabines de observação com capacidade para até dez pessoas, ar-condicionado, monitoramento por câmeras, interfones e wi-fi. A estrutura também terá iluminação cênica, projetada para interagir com a cidade.

No total, a estrutura terá mais de mil toneladas e vai requerer o uso do maior guindaste rodoviário disponível no Brasil. A montagem está sendo realizada com todos os cuidados de segurança e de forma a não interferir na visitação do parque.

Quando concluída, a Roda São Paulo deve gerar 160 empregos diretos e indiretos. O empreendimento também conta com outros 200 trabalhadores na montagem. Os recursos para construção são privados. O local possui fácil acesso com linha de trem conectada ao metrô, ônibus, além de ciclovias permanentes e ciclofaixas de lazer montadas aos domingos e feriados. A expectativa é receber entre 600 mil e 1 milhão de visitantes por ano, cerca de 10% do atual público frequentador dos parques.

Para explorar o serviço na área a empresa SPBW, responsável pelo projeto e selecionada por chamamento público, pagará à Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) R$ 141 mil mensais ou 10% do valor do faturamento bruto (prevalecendo o maior). Os valores serão transferidos à administração do parque. O entendimento também prevê apoio da SPBW na manutenção e robusto programa de inclusão social e educação ambiental a alunos de escolas públicas, além de beneficiários de programas e projetos sociais das comunidades do Jaguaré.

Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. Silvana Aparecida dos Santos

    31 de julho de 2022 at 14:10

    Nss,deve ser magnífico ver tudo de tão alto.Espero em breve ir conhecer,e curtir tudo mais de perto.Quanto mais alto melhor .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados