Siga-nos

Saúde

Hospital da Vila Santa Catarina ganha 40 leitos de UTI para Covid

Publicado

em

“É uma luta antiga da comunidade do Jabaquara e essas duas inaugurações recentes vão fazer diferença no atendimento à saúde da população”. A frase é do vereador Arnaldo Faria de Sá, que há décadas atua na região e celebra a inauguração da UPA Jabaquara, junto ao Hospital Saboya, e a construção de uma nova ala no antigo hospital Santa Marina, atual Dr. Gilson de C. Marques de Carvalho, na Vila Santa Catarina. Essa semana, o vereador esteve ao lado do prefeito em exercício, Ricardo Nunes, para inaugurar a ala que atenderá exclusivamente pacientes Covid19, durante a pandemia.

Para o vereador, a nova UPA 24 horas vai desafogar o pronto socorro do hospital Saboya, mesmo no futuro, com a pandemia sob controle. “E o Hospital na Vila Santa Catarina tem um atendimento de primeira, também, com gerenciamento pela equipe do hospital Albert Einstein, eleva o atendimento em saúde, totalmente SUS, a um novo patamar”, avalia.

Nova ala

A nova ala do hospital Vila Santa Catarina começou em março e foi concluída em apenas 37 dias. São 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi erguida graças à parceria com a iniciativa privada, que contou com contribuição das empresas Gerdau, BTG Pactual, Suzano, Península Participações, além da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (que administra o equipamento exclusivamente em sistema SUS, desde 2015). No local, o público é atendido exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sob gestão e operação do Einstein.

Cerca de 240 profissionais, entre médicos e equipe multidisciplinar, irão trabalhar nos 40 novos leitos de UTI, que estão instalados no bloco F da unidade hospitalar, com área total de 1.064 metros quadrados, que também oferece tratamento a pacientes oncológicos diagnosticados com Covid-19.

Os novos leitos de UTI ficarão como legado para a população após a pandemia e serão destinados aos pacientes oncológicos e transplantados atendidos diariamente no hospital, aumentando a capacidade operacional para pacientes críticos e permitindo o aumento do escopo da unidade hospitalar.

O Hospital Municipal Vila Santa Catarina trata pacientes encaminhados pela regulação do município e é referência para a rede SUS na capital, realizando cirurgias bariátrica, urológica e vascular, além de oferecer atendimento especializado em oncologia, maternidade de alto risco e pediatria, incluindo uma UTI pediátrica, referência em hemodiálise.

Parcerias

Além de auxiliar no planejamento e investir na construção dos novos leitos do Vila Santa Catarina, o Einstein foi responsável por viabilizar a aquisição dos equipamentos necessários ao seu funcionamento, como camas, ventiladores, monitores e bombas de infusão. Esses recursos vieram de doações captadas para este propósito.

A obra, que teve início em março deste ano, foi estruturada a partir da técnica de construção modular, criada pela construtech Brasil ao Cubo, que permite entregar obras em caráter definitivo e com velocidade quatro vezes maior que uma edificação comum. Essa técnica consiste no encaixe de módulos individuais, produzidos em fábrica e, então, montados no local, como peças de um jogo.

Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. André

    8 de maio de 2021 at 9:26

    Ótima atitude do hospital Einstein com parcerias da prefeitura entre outros, que só veio acrescentar a saúde da população brasileira, porque além de atender pessoas da região atende também pessoas de outros estados. Orgulho de ser colaborador Einstein. André Rocha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados