Siga-nos

Coronavírus

Doria diz que abertura das escolas será simultânea, mas não cita prazos

Publicado

em

O governador João Doria disse, em entrevista à Globo News, na noite dessa quarta-feira, 22 de abril, que não há data estabelecida para o retorno às aulas no Estado de São Paulo – nem na rede pública, nem na particular.

Doria ponderou, entretanto, que não haverá abertura regionalizada das escolas, ou seja, as escolas  só voltarão a funcionar quando houver decisão para que toda rede seja reaberta. “Só em 8 de maio divulgaremos as ações, conforme os dados que se apresentarem”, disse o governador.

O Ministério da Educação garantiu que a data do Enem, em novembro, está mantida e o exame será realizado.

Mais cedo, em entrevista coletiva, Doria havia anunciado que a partir de 11 de maio haverá abertura gradual e regionalizada do comércio e empresas no Estado, conforme  indicações do número de casos e avaliações de acordo com critérios científicos e de saúde. Mas, esclareceu à noite, isso não acontecerá com escolas.

O governador ainda negou que o anúncio de reabertura, com quase 20 dias de antecedência, não teve caráter político e, mais, que não avalia que esse divulgação com antecedência provoque relaxamento na população.

“Se a população mantiver o isolamento até lá, nós conseguiremos fazer a reabertura gradual”, pontuou.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados