Jornal São Paulo Zona Sul

Prefeitura isola trechos da Marquise do Ibirapuera

Laudo estrutural apontou danos nas lajes
inferior e superior da estrutura

A Prefeitura de São Paulo fez isolamento parcial nesta terça-feira (05) em trechos da marquise José Ermírio de Moraes do Parque Ibirapuera, depois que uma vistoria preventiva constatou danos na impermeabilização, infiltrações, pontos de segregação do concreto e corrosão da armadura.

A laje inferior receberá reparos e novo forro removível de gesso e na laje superior deve ser feita a impermeabilização. As nervuras, pilares e vigas não apresentam danos estruturais, mas devem receber reparos localizados e proteção, para garantia de mais durabilidade.

A Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB) e a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), com ciência e autorização dos órgãos de tombamento, definirão o prazo para término e os custos da obra.

Histórico

Em 2012, a Marquise, projeto de Oscar Niemeyer, passou pela primeira reforma de sua história. Desde sua inauguração, em 1954, foi a primeira vez que toda a estrutura da Marquise, com 26 mil m² de extensão, passou por uma reforma estrutural completa. Na época, a Prefeitura afirmou que a reforma incluia impermeabilização.

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!