Siga-nos

#VacinaçãoCovid

Zona Sul tem mais um megaposto de vacinação

Publicado

em

zona sul tem novo megaposto

Nesta quarta-feira (7), a cidade de São Paulo começa a imunizar pessoas com 40 anos contra a Covid-19, público estimado em aproximadamente 134 mil moradores da capital. Para a vacinação deste grupo, toda a rede de postos da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) estará em operação.

Às 8h, o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, acompanha a vacinação no novo megaposto FMU Santo Amaro, localizado na Rua Afonso Braz, 911, e que foi inaugurado nesta terça-feira (6).

  A SMS informa que os munícipes podem acompanhar em tempo real qual o melhor momento para se deslocarem até os postos de vacinação da Capital por meio do site “De Olho na Fila”. Na plataforma, é possível monitorar a quantidade de pessoas em cada posto de vacinação e, assim, escolher o melhor horário para se imunizar.

  Cabe ressaltar que todas as vacinas disponíveis foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e são eficazes e seguras contra a Covid-19. Não há necessidade nem possibilidade de escolher um imunizante específico.

  Vacinação na cidade 

 Na quinta-feira (8), a cidade de São Paulo começa a imunizar contra a Covid-19 as pessoas com 39 anos. Nesse grupo, são esperadas 143 mil pessoas. Na sexta-feira (9) e no sábado (10), acontece a repescagem para que as pessoas com 39, 40 e 41 anos que não conseguiram se imunizar nos dias previstos no calendário possam ter acesso à vacina. Nas mesmas datas, quem deixou de tomar a segunda dose (qualquer grupo) também poderá se vacinar.

Na sexta-feira, feriado da Revolução Constitucionalista de 1932, toda a rede de vacinação estará aberta. No sábado a vacinação ocorrerá apenas nas 82 AMAs/UBSs integradas das capital, das 7h às 19h.

 Documentos necessários e pré-cadastro 

Para garantir as doses à população do município de São Paulo, a SMS reforça a obrigatoriedade de o cidadão apresentar no ato da vacinação um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

 O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome do munícipe, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil, como Registro Geral (RG), certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável.

 Vale lembrar que o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br) agiliza o tempo de atendimento nos postos de vacinação. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento.

 Mais informações, como o calendário atualizado de vacinação da gestão municipal, os públicos elegíveis no momento e a lista completa de postos abertos na capital podem ser conferidas na página Vacina Sampa.

Onde se vacinar

A lista completa de postos pode ser encontrada no Vacina Sampa:

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/doencas_e_agravos/coronavirus/index.php?p=307599

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados