Jornal São Paulo Zona Sul

Univesp oferece ensino qualificado e gratuito à distância

Do Portal do Governo

Com o intuito de permitir o acesso ao ensino superior em todo território paulista, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) oferece cursos gratuitos e à distância de graduação em cinco licenciaturas, dois bacharelados e um curso superior em tecnologia, em parceria com o Centro Paula Souza.

A Univesp conta, hoje, com cerca de 35 mil alunos e 243 polos espalhados pelo território paulista.

Os cursos são feitos na modalidade Ensino a Distância (EAD), mas com eventos e provas bimestrais no polo presencial onde o aluno efetuou a matrícula. Dessa forma, o foco é oferecer oportunidade para os jovens cursarem graduações no padrão das melhores universidades brasileiras.

No 1º semestre de 2018, o vestibular ofereceu 20.350 vagas. Esses números reforçam o caráter inclusivo da Univesp e do EAD como recursos importantes de transformação da sociedade pela agilidade para atender as novas demandas do ambiente universitário. Ainda, vale lembrar que o mercado já entende o aluno de EAD como um profissional.

Os alunos desenvolvem atividades on-line acadêmicas, como assistir a videoaulas, acessar material didático e bibliografia das disciplinas, além de tirar dúvidas do conteúdo com tutores. Tudo isso é feito por meio da plataforma Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

Quanto aos polos, trata-se de espaços físicos que oferecem computadores, impressoras e acesso à internet.

2 comentários

  • O ensino é bom mas a universidade é péssima. A grande maioria dos polos não tem infraestrutura p/ ser nem creche. Imagine uma universidade.

    Haviam 5 mil alunos dois anos atrás. Numa jogada política abriram polo em uma pancada de cidades…

    Procurem saber de preferência nas cidades menores. Dúvido que alguma tenha uma sala descente e/ou um laboratório DIGNO de uma “meia” universidade.

  • Compartilho do comentário do colega acima Marcelo. Porém com uma ressalva; o ensino é tão questionável quanto a qualidade dos pólos. Uma vergonha que o governo use a educação, novamente, como artimanha política. Estou tentando cursar Matemática, mas desde Outubro (18) eu sequer recebo uma resposta de emails e pasmem: NOTA DA PROVA. Estão empurrando tudo para esse ano e as matérias novas sequer foram divulgadas. As provas foram uma piada; 5 questões de múltipla escolha tiradas de listas de exercícios. Nojento!

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!