Jornal São Paulo Zona Sul

Universidade pode melhorar condições da comunidade?

Oferecer serviços à comunidade, garantir um ensino superior em sintonia com o mundo – e o mercado – moderno, criar um ambiente acadêmico de estímulo ao pensamento. Esses três pilares fazem parte dos desafios cotidianos de Vinícius Pereira há 16 anos, tempo em que o profissional se dedica à Universidade Estácio de Sá.

Mas, há dez meses ele passou a conviver diretamente com alunos e professores de forma cotidiana, olho no olho, dialogando sobre a educação superior e seus desafios diários. Isso porque o carioca Vinícius mudou-se não apenas de cidade, mas saiu da área administrativa interna e passou a comandar uma unidade paulistana da instituição que tem mais de 80 campi espalhados pelo país.

Em visita essa semana à redação do jornal SP Zona Sul, o diretor do campus Conceição disse que há tempos planejava vir para a capital paulista. E está adorando – não apenas a cidade, como os desafios do novo cargo. “Tenho que dialogar com alunos diariamente e isso faz parte de nossa filosofia, esse contato estreito e direto”, conta.

O diretor aponta que a proximidade com a estação Conceição do metrõ é um dos principais fatores de atração dos alunos, mas, para além da formação do corpo discente e das questões internas, ele efetivamente acredita que seja possível contribuir com mudanças no entorno.

A universidade promove, por exemplo, palestras em diferentes áreas de conhecimento abertas à população. Mas não é só.

“A Estácio, no campus Conceição, conta com curso de direito e faz parte do nosso trabalho ter um núcleo para atendimento gratuito à população”, explica. O diretor se refere ao NPJ – Núcleo de Práticas Jurídicas, que orienta a comunidade em processos judiciais.

Os casos mais comuns são de pensão alimentícia ou guarda compartilhada, mas os estudantes, sob orientação do corpo docente, estão lá para atender nas mais diferentes situações que dependem da Justiça.

O NPJ atende pelo telefone 3778-6063. Horários: Segunda – 17h às 20h; Quarta-feira – 10h às 12h e 17h às 20h; Sexta-feira 10h às 12h.

O campus Conceição da Estácio também está integrando cursos na área de saúde em seu portifólio e Vinícius acredita que, aos poucos, haverá transformações na comunidade derivadas desse trabalho. “A gente realmente acredita na força do ambiente acadêmico”, pontua.

Montado sob ótica de oferecer uma educação disruptiva, o campus Conceição tem infraestrutura completa para integrar a internet e outros recursos tecnológicos de forma totalmente integrada à sala de aula e aos laboratórios. Fica na Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 673.

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!