Jornal São Paulo Zona Sul

Unidades de saúde municipais também contam com tratamento contra o tabagismo

Dia 29 de Agosto é o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Por conta da data, o jornal São Paulo Zona Sul está publicando uma série de matérias com dicas e orientações para quem quer largar o cigarro.
Reconhecido como doença crônica, o tabagismo traz diversos malefícios à saúde.

A cada tragada em um cigarro, o indivíduo inspira mais de quatro mil substâncias. Entre elas estão a nicotina, o alcatrão, o monóxido de carbono, e mais outras 60 que são comprovadamente cancerígenas. Seus efeitos à saúde se. Já os fumantes passivos têm risco 30% superior de desenvolver um câncer de pulmão quando comparados aos que ficam longe da fumaça. Para o fumante passivo, o tabagismo é a terceira morte evitável.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 6 milhões de pessoa morrem em todo o mundo em decorrência do consumo de tabaco. Em 2030, a OMS estima que morrerão 8 milhões. O cigarro contém mais de 4,7 mil substâncias tóxicas e nicotina, que causa dependência física ou psíquica. Não existem níveis seguros para consumo.

Ao deixar de fumar, além de melhorar a saúde, a pessoa economiza R$ 2.007,50 em um ano. Em 5 anos, por exemplo, mais de R$ 10 mil serão poupados. Segundo a psicóloga especialista Ivone Charran, no entanto, parar de fumar não é fácil. “Cerca de 5% dos fumantes conseguem abandonar o cigarro sozinhos, sem tratamento ou acompanhamento médico. O restante, ou 95%, precisam de ajuda especializada”, afirma.

Na edição anterior, mostramos que a Unifesp tem um programa específico – o PrevFumo. Mas, há também unidades Básicas de Saúde, gerenciadas pelo município, que também oferecem tratamento antitabagista.

Em São Paulo, esse enfrentamento é feito regularmente via Atenção Primária e já são cerca de 300 unidades de saúde preparadas para realizar o acolhimento e o acompanhamento da cessação do consumo do tabaco.

O tratamento oferecido nas unidades segue as diretrizes do Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT) e inclui desde a avaliação clínica até terapia medicamentosa, se houver necessidade. Baseadas na abordagem cognitivo-comportamental, as sessões em grupo ou individuais são coordenadas por profissionais de saúde de nível superior e, nos encontros, são abordados temas que levam o usuário a compreender o motivo que o leva a fumar, os riscos deste consumo, os benefícios de parar de fumar e até como prevenir as recaídas.

Além disso, a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo (SMS-SP), por meio da Coordenação da Atenção Primária à Saúde e da Escola Municipal de Saúde, oferece, desde 2016, a “Capacitação para a Cessação do Tabagismo e Implantação do Programa na Rede de Atenção à Saúde do SUS”, voltada aos profissionais de saúde para prevenção do tabagismo, identificação e tratamento do tabagista e qualificação do cuidado. O curso utiliza a plataforma MOODLE, e disponibiliza o material didático no Ambiente Virtual de Aprendizagem. Após a conclusão, os profissionais podem implantar o PNCT nas regiões que ainda não possuem o programa e também monitorar aquelas em que ele já funciona.

Veja alguns endereços de Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPS-AD) que fazem esse trabalho.

– UBS Cidade Vargas – R. DOS COMERCIÁRIOS, 236 – CIDADE VARGAS. Telefone: 5588-4890

– AMA UBS INTEGRADA AMERICANOPOLIS: Rua Cidade de Santos, 46 Jabaquara. Telefones: 5562-1476/5563-9463

– CAPS AD II V MARIANA: AV. CECI, 2101 – PLANALTO PAULISTA. Telefone: 2275-3432

– UBS J DA SAUDE NEUSA ROSALIA MORALES. Rua Domingos de Rogatis, 187. Jardim da Saúde. Telefone: 5062-9586

– AMA UBS INTEGRADA CUPECE DR WALDOMIRO PREGNOLATTO. Av: Santa Catarina, 1.523 – Vila Sta. Catarina. Telefone: 5564-3079

– UBS Miltom Santos: Av: Ceci, 2.249 – Planalto Paulista. Telefone: 5581-0426.

– UBS INDIANOPOLIS SIGMUND FREUD: AV. INDIANÓPOLIS, 650 – MOEMA. Telefone: 5054-2851

– UBS Vila Campestre: R. ARTUR NUNES DA SILVA, 206 – VILA CAMPESTRE. Telefone: 5011-4278.

Em nosso site, há link para a lista completa de endereços que fazem esse trabalho

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!