Jornal São Paulo Zona Sul

Time São Paulo Paralímpico é apresentado nessa quarta, 27

Na manhã dessa quarta, 27, está sendo apresentado o Time São Paulo em evento para convidados no Centro Paralímpico Brasileiro, no Jabaquara.

Os atletas, que vão disputar vaga nas Paralimpíadas de 2020, foram apresentados pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência em cerimônia que contou com a presença da secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão.

No total, o time é composto por 66 talentos nas modalidades: atletismo, natação, ciclismo, halterofilismo, judô, tênis de mesa, bocha e canoagem.

Criado em 2011, o Time São Paulo Paralímpico é uma parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). O objetivo é avaliar, controlar e executar ações de suporte ao desenvolvimento esportivo de atletas de alto nível vinculados ao estado de São Paulo.

Os critérios adotados para seleção da equipe são os resultados obtidos nas Paralimpíadas Rio 2016 e o potencial do atleta para participar das Paralimpíadas 2020. Em dezembro de 2016, a parceria foi restabelecida devido ao desempenho dos atletas nas competições paralímpicas.

Nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, a seleção foi responsável por 57% das medalhas de ouro do Brasil (e 42% do total da delegação brasileira). Os atletas do Time São Paulo levaram 30 das 72 medalhas conquistadas pela delegação brasileira, sendo 8 de ouro, 13 de prata e 9 de bronze. No quadro geral de medalhas, o Brasil somou 72 medalhas, sendo 14 de ouro, 29 de prata e 29 de bronze.

Em 2012, nas Paralimpíadas de Londres, o Brasil conquistou a sétima colocação no quadro geral, somando 43 medalhas, sendo 21 de ouro, 14 de prata e oito de bronze. Desse total, 25 vitórias foram de integrantes do Time São Paulo Paralímpico, sendo 16 de ouro, 6 de prata e 3 de bronze, nas modalidades atletismo, natação, bocha e judô.

Centro de Treinamento – CPB

Localizado no Parque Fontes do Ipiranga (Km 11,5 da Rodovia dos Imigrantes), o CT é uma parceria do governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, com o governo federal, através do Ministério do Esporte.

O objetivo do empreendimento que abriga 15 modalidades paralímpicas é fomentar o paradesporto brasileiro criando condições para que seus atletas se destaquem nas competições municipais, estaduais, nacionais e internacionais, sempre dando ênfase às técnicas avançadas e novas tecnologias.

2 comentários

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!