Siga-nos

Coronavírus

Só 32 farmácias na cidade aplicam vacina da gripe

Publicado

em

A promessa foi feita ainda em 18 de março, às vésperas do início da campanha vacinação contra gripe em idosos.

Mas, até agora não havia sido colocada em prática a aplicação gratuita em farmácias privadas. “Até mil farmácias da capital, por meio de acordo com a Abrafarma, farão vacinação a partir de 13 de abril”, disse Doria, na época, acrescentando que a parceria poderia ser estendida aos demais municípios do Estado.

Essa semana, entretanto, a Prefeitura anunciou que a campanha teria início, na verdade, no dia 14 de abril. Porém, para se ter uma ideia, em toda a cidade, por enquanto há somente 32 farmácias oferecendo o serviço. Não há notícias sobre a oferta em cidades do interior.

Para se ter uma ideia, na cidade existem cerca de 5 mil farmácias e drogarias.

Segundo a Prefeitura, o objetivo de oferecer a vacina em farmácias, nessa segunda fase da campanha, é por conta de as farmácias serem um dos poucos lugares onde as pessoas ainda podem ir, por conta da quarentena que fechou estabelecimentos em toda a cidade.

Relação completa das drogarias que oferecem a vacina

Relação completa das unidades básicas de saúde que oferecem a vacina

Segunda fase

A nova etapa da campanha de vacinação contra gripe começou na quinta, 16 de abril, destinada a pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e povos indígenas.

A vacinação em farmácias começou na terça, 14, já no final da primeira fase, destinada a dosos (60 e + anos) e trabalhador da saúde. Forças de segurança e salvamento foram incluídas em 30 de março.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a parceria com as drogarias segue até o dia 22 de maio, das 9h às 17h. As 32 farmácias e drogarias privadas habilitadas serão utilizadas como postos fixos (extramuros) durante a campanha nacional de vacinação contra a Influenza estão em diferentes regiões da cidade.

Para se ter uma ideia, em toda região de Vila Mariana, Moema, Jabaquara, Saúde, Ipiranga e Cursino só há duas drogarias com a oferta gratuita de vacinas contra gripe: Drogasil da Rua Tomás Carvalhal, 499 (Paraíso); e Farma Ponte da R. Santa Cruz, 2305 (Vila Gumercindo).

A vacina

A vacina contra Influenza não protege do coronavírus, mas vai auxiliar os profissionais de saúde no diagnóstico para a Covid-19, ao descartarem os vários tipos de gripe na triagem da população vacinada. A vacinação também acontece em todas as unidades de saúde do município de São Paulo.

A terceira etapa da campanha de vacinação acontece a partir de 09 de maio, quando serão incluídos professores de escolas públicas e privadas, crianças (6 meses a menores de 6 anos), gestantes, puérperas, povos indígenas, adultos de 55 a 59 anos de idade, pessoa com deficiência.

Advertisement
2 Comentários

2 Comments

  1. Rachel

    17 de abril de 2020 at 19:15

    Cadê a relação completa de farmácias e drogarias que farão a vacinação?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados