Siga-nos

#URGENTE

Salões e restaurantes já podem reabrir

Publicado

em

lojas reabrir

O Governo do Estado anunciou uma “Fase de Transição” que reduz algumas restrições da Fase Vermelha mas ainda não permite abertura da maior parte dos estabelecimentos. Estão autorizados a funcionar, das 11h às 19h, shopping centers (exceto restaurantes e praças de alimentação) e lojas de rua diversas, com até 25% de sua capacidade. Na nova etapa, também estarão permitidos cultos religiosos presenciais, mas também limitados à um quarto da lotação máxima de cada templo ou igreja.

Já restaurantes, salões de beleza, academias, atividades culturais só poderão reabrir suas portas a partir do sábado seguinte, dia 24 de abril, nessa mesma faixa de horário, das 11h às 19h, com exceção das academias, que poderão abrir das 7h às 11h e das 15h às 19h.

Parques e museus estarão autorizados a abrir, também, desde que igualmente respeitada a regra de público reduzido.

Depois, o Governo anunciará eventuais novas alterações só em 1 de maio. Até lá, serão avaliados os resultados para decidir se o Estado evolui para Fase Laranja, ainda que de forma regional, ou não.

Na Fase Laranja, comércio pode funcionar com até 40% da capacidade.
Segundo o  Vice-Governador Rodrigo, as alterações foram anunciadas porque nas últimas semanas, os indicadores da saúde apresentaram uma redução progressiva, com queda nas internações e diminuição da ocupação hospitalar, o que permitiu o avanço para retomada gradativa e consciente das atividades não essenciais.

As medidas mais rígidas de restrição da fase vermelha, o avanço na vacinação e a expansão de leitos hospitalares resultaram em decréscimo de 1,4% ao dia em novas internações e de 0,8% ao dia em UTIs para pacientes moderados e graves com coronavírus.

“A fase de transição é necessária para que possamos dar passos seguros adiante sem o risco de retroceder. O apoio da população nesse novo momento da pandemia continua sendo fundamental. Não é hora de baixarmos a guarda”, afirmou o Vice-Governador e Secretário de Governo, Rodrigo Garcia.

A fim de evitar aglomerações, a capacidade de ocupação permitida nos estabelecimentos na fase de transição será de 25%. O toque de recolher continua em vigência em todo o Estado, das 20h às 5h, assim como a orientação para o teletrabalho para as atividades administrativas não essenciais e escalonamento de horário na entrada e saída das atividades do comércio, serviços e indústrias.

O resumo com as medidas anunciadas pelo Governo do Estado está disponível na página https://issuu.com/governosp/docs/.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados