Siga-nos

Solidariedade

Restaurante distribui marmitas para pessoas em situação de rua

Publicado

em

Além da pandemia de Covid, a cidade de São Paulo entra agora também na época das frentes frias, com o inverno se aproximando. E nesse cenário, como ficam as milhares de pessoas em situação da rua na capital?

Atendente no restaurante China Wei, da Rua Luís Góis, Cibele Akemi todos os dias via dezenas de pessoas em seu trajeto para casa, na região do Jabaquara. E se sensibilizou em imaginar como é ainda mais difícil para essa população enfrentar a pandemia durante a quarentena, com lojas fechadas, baixa circulação de pessoas, frio intenso…

“Ela propôs uma união, que nos mobilizássemos para produzir marmitas e levar a essas pessoas em situação tão vulnerável”, conta a proprietária Tereza Wei. “Como em todo o planeta, o movimento comercial caiu. Mas, ainda assim, me sinto privilegiada em poder estar trabalhando com delivery, num momento em que tantos restaurantes, bares e outros negócios estão fechados. Por isso, topei na hora”.

Todos os funcionários, aliás, se dispuseram a participar e fazer esse esforço extra, pelo próximo. “A maioria das Organizações não governamentais que atende a moradores de rua atua na região central da capital. E esses que estão no trecho entre Praça da Árvore e Conceição recebem pouca atenção e apoio”, observou Cibele Akemi.
Os cozinheiros também se engajaram no projeto e as marmitas passaram a ser montadas em horários de folga ou intervalos. Toda a equipe participa, inclusive da distribuição das refeições. “Essa corrente do bem que partiu dos funcionários certamente me sensibilizou. Todos se voluntariaram”, emociona-se Tereza Wei.

As marmitas são montadas com comida brasileira, mesmo. “Mas logo pretendo mandar também um yakissoba, que é nosso carro chefe, ou outros pratos orientais que produzimos aqui. Quem sabe eles não gostam?”, aposta Tereza.

O China Wei

O restaurante China Wei tem salão e, normalmente, oferece até rodízio da culinária chinesa. Mas, o forte da casa sempre foi o delivery, com entrega no formato de boxes chineses – aquelas caixinhas que mesclam yakissoba ou arroz chinês com delícias como frango xadrez, carne com brócolis, lombo ao curry e tantas outras opções. Devido ao fechamento do salão, muitos clientes sentiram falta do rodízio. “Por isso, atendendo a pedidos, vamos passar a entregar o rodízio em casa”, conta Tereza Wei. “Levamos todas as entradas e uma seleção de pratos quentes que servem bem duas pessoas, por apenas R$ 69”, explica.

É possível fazer os pedidos usando os aplicativos Uber Eats e Rappi, ou atende por telefone (5581-1010), com promoções bem saborosas.

O China Wei fica na Rua Luís Góis, 1106 – Mirandópolis. Telefone: 5581-1010. Abre às 11h e fecha às 23h todos os dias e às 22h aos domingos.

Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. Paulino

    30 de maio de 2020 at 12:58

    Muito boa a matéria!
    Pessoal, tem um site falando como aprender a montar seu próprio negócio com MARMITAS.
    Confiram ai: https://bit.ly/marmitasnegocios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados