Siga-nos

Problemas na região

Ratos se espalham em canteiro na Praça da Árvore

Publicado

em

Durante o dia, é mais fácil avistar os buracos profundos no chão. Mas, basta escurecer que eles surgem, sorrateiros, rápidos, asquerosos. Ratos saltitam para quem quiser ver em uma pequena área verde localizada na movimentada Avenida Jabaquara, esquina com ruas Orissanga e Rosas., em Mirandópolis.
O pequeno canteiro, que serve para divisão das pistas e retorno viário, fica perto de estabelecimentos como farmácia, supermercado, restaurante, lojas… Os comerciantes estão assustados, mas não sabem mais a quem recorrer.
“Há também outro problema: um senhor joga milho e migalhas na praça, talvez para alimentar pombos. Mas, a comida acaba atraindo também os ratos”, conta um comerciante.
Outro problema é que a praça acaba servindo de depósito de sacos de lixo, irregularmente depositados por cidadãos sem consciência…
O jornal São Paulo Zona Sul encaminhou a denúncia à Subprefeitura de Vila Mariana. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, será feita limpeza da área e também desratização, por equipe de vigilância em saúde
A Prefeitura tem um programa específico para reduzir a população de ratos na cidade São Paulo, chamado Rato Fora, por meio da sistematização e otimização das ações de controle, racionalizando as atividades em áreas de maior risco.
O principal objetivo é diminuir o risco de leptospirose, doença transmitida pela urina do rato, em especial durante a época de chuvas, que está se aproximando. Os sintomas da doença mais comuns são: febre, dor no corpo, mal-estar e dores nas panturrilhas.

 

Lixo é depositado no
canteiro diariamente, de forma irregular, e facilita proliferação de ratos

 

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados