Siga-nos

Saúde

Prefeitura prevê que UPA no Jabaquara estará atendendo até o final de 2020

Publicado

em

Em maio, as obras de seis Unidades de Pronto Atendimento (UPA) foram retomadas – uma delas no Jabaquara, outra na Vila Mariana. Há ainda mais uma em construção na zona sul, em Parelheiros. Todas vão oferecer atendimento de média complexidade.

A UPA Jabaquara, que está sendo construída ao lado do Hospital Saboya, tem por objetivo desafogar o atendimento de Pronto Socorro. Ali, 350 pessoas por dia poderão passar por atendimento inicial, garante a Secretaria Municipal de Saúde, que prevê a entrega da obra pronta ainda esse ano.

A nova UPA terá sete leitos de urgência, 14 de observação para adultos e outros quatro em pediatria. Haverá seis consultórios médicos, um consultório odontológico, além de sala de ortopedia, raio-x, salas de gesso, suturas, esterilização e expurgo, sala para medicação, sala para coleta de exames, oito poltronas de inalação adulto e oito poltronas para inalação infantil.

A unidade contará ainda com duas salas de isolamento, duas salas de avaliação e triagem. Será também equipada com farmácia, serviço social, ouvidoria e áreas administrativas.

As novas UPAs terão profissionais clínicos, cirurgiões, ortopedistas, pediatras, enfermeiros, coordenadores na área médica e enfermagem, técnicos de farmácia, gesso e enfermagem, farmacêuticos, assistentes sociais e funcionários da área administrativa.

Assim, as UPAs têm capacidade para estabilizar os quadros dos pacientes e realizar o diagnóstico inicial, para desafogar as Assistências Médicas Ambulatoriais e os equipamentos hospitalares na cidade.

O prédio está sendo construído numa área de 2500 metros quadrados, anexo ao Hospital, com acessibilidade completa e terá aquecimento solar, além de contar com sistema de água de reuso

Tanto a unidade Jabaquara quanto as outras em obras vão atender em tempo integral, ou seja, 24 horas por dia. Já existem 14 equipamentos desse tipo na cidade.

Custo

Todas as obras são realizadas por empresas licitadas pela Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB) e estão inseridas no Programa Avança Saúde SP, resultado de acordo entre a Prefeitura e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O valor do investimento nesta unidade é de R$ 5,7 milhões.

No final do primeiro semestre de 2019, a Prefeitura assinou a contratação do financiamento de US$ 100 milhões (cerca de R$ 575 milhões) junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para projeto de reestruturação e qualificação das redes assistenciais de Saúde da cidade de São Paulo, o “Avança Saúde São Paulo”. investimento total no programa será de US$ 200 milhões (R$ 1,150 bilhão) nos próximos cinco anos, dos quais US$ 100 milhões serão obtidos com o financiamento junto ao BID e o restante como contrapartida da Prefeitura.

No total, estão previstas cerca de 150 obras distribuídas por toda a capital e 60 mil profissionais da Saúde municipal em aperfeiçoamento para atender à população nas unidades de Saúde e também nas estações tecnológicas que devem operar com a Telemedicina. Além de novas construções, partes dos recursos serão investidos para a aquisição de equipamentos de média e alta complexidade para a área da Saúde, como tomógrafos e aparelhos de ressonância magnética.

O objetivo do Avança Saúde SP é ampliar a oferta, melhorar as condições de acesso e aprimorar a qualidade dos serviços municipais no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade de São Paulo.

Endereços:

– A UPA Jabaquara está localizada na Rua Cruz das Almas, anexo ao Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya.

– A UPA Vila Mariana está em obras na Rua Dr. Diogo de Faria, 609.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados