Jornal São Paulo Zona Sul

Planalto Paulista tem grupo escoteiro há 48 anos

Fevereiro de 1968. Às 20h daquele dia 2 de fevereiro, algumas pessoas se reuniam para concretizar um sonho: formar um grupo de escoteiros na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, no Planalto Paulista, por convite de seu Vigário, o padre Antônio Poreceda!
Raymundo Teixeira de Carvalho, que já havia chefiado o rupo escoteiro Canopus, e Julius Lausevicius, comissário Nacional de Escotismo e Extensão, lideravam aquele encontro Participaram, ainda, Ronaldo Santos, dentista, pai de dois futuros membros do Grupo que viria a ser criado, e Plínio Guimarães.
O grupo ainda não tinha um nome, mas já contava com uma equipe de cerca de 16 pessoas. Durante vários domingos, todos se reuniam um pouco antes das 9h00, se dirigiam à missa, iniciavam as atividades fazendo uma oração, inspeção do uniforme e hasteamento das bandeiras. O término do programa (atividades de adestramento), acontecia por volta das 11h30, quando faziam o encerramento com nova inspeção, arreamento das bandeiras e uma oração.
O grupo cresceu e passou a aceitar não só paroquianos, mas moradores do Planalto Paulista. Mas, o grupo ainda não tinha nome… Em abril daquele mesmo ano, houve uma reunião com pais que foi importante para esclarecer sobre o escotismo, seus métodos, sua história… Foi quando se escolheu o nome: Grupo Escoteiro Piratinis, por conta do endereço da Paróquia, localizada na Alameda Piratinis. A data de fundação foi marcada: aconteceria oficialmente no final da tarde do dia 01.05.1968.
Missa, show de humorismo, acrobacia, fogo de Conselho marcaram aquela festa! Mas o mais interessante desta história toda é saber que o grupo permanece vivo e ativo, 48 anos depois.
Para celebrar o aniversário , o grupo promoveu um acampamento no Educandario Dom Duarte, no Butanta ,e contou com a participação de mais de 40 pessoas entre jovens, familiaries, chefes escoteiros e ex membros que prestigiaram o nosso Fogo de Conselho, um encontro em volta da fogueira.
O Grupo se reúne aos sábados, das 10h às 13h, na Escola Estadual Prof. Alberto Levy: Av. Indianópolis, 1570 (entrada pela Alameda Araé). Facebook: www.facebook.com/gepiratinis.

Foto 14

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!