Siga-nos

Cultura

Pinacoteca e outros museus são opção em cultura na cidade

Publicado

em

As instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo mantêm programação com eventos culturais nos museus, oficinas culturais, Biblioteca Parque Villa-Lobos e na Sala São Paulo, na capital.

Além das atividades presenciais, a plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa, gerida pela Organização Social Amigos da Arte, oferecerá programação de alta qualidade para quem preferir ficar em casa.

Para as iniciativas presenciais, é preciso ter atenção aos protocolos de saúde em função da pandemia do coronavírus. Todos os equipamentos estão adaptados para receber o público, que devem verificar a disponibilidade de ingressos pelos sites das instituições.

Confira algumas sugestões:

A Estação Pinacoteca realiza a exposição inédita Joan Jonas: Cinco Décadas, primeira mostra individual na América do Sul da pioneira da videoarte e da performance, e Hudinilson Jr.: Explícito.  A  entrada é gratuita, mediante agendamento prévio, no site: www.pinacoteca.org.br.

No Memorial da Resistência de São Paulo, a exposição “Orgulho e Resistências: LGBTs na ditadura” trata das relações entre autoritarismo e diversidade sexual e de gênero. A mostra é realizada em parceria com o Museu da Diversidade Sexual. O público terá aceso a obras literárias, cartazes de peças de teatro, músicas, filmes, fotografias e materiais que confrontavam a censura na época, além de documentos oficiais da ditadura. Dentre os destaques estão fotografias de Vânia Toledo e um desenho inédito da cartunista Laerte Coutinho que abordam a pluralidade de gêneros. Aberto de quarta a segunda, das 14h às 18h. Com entrada gratuita mediante agendamento prévio: www.memorialdaresistenciasp.org.br.

O Museu de Arte Sacra de São Paulo também oferece exposições para quem quiser conhecer o local, bem como o acervo. A mostra “Nós da Etiópia – Recortes de uma viagem”, composta por 30 imagens do fotógrafo Daniel Taveira, que realizou uma viagem ao país, traz representações fidedignas da diversidade humana, abundante em cores e formas da região. Aberto de terça-feira a domingo, das 10 às 17h. O ingresso custa R$ 6,00 (Inteira) e R$ 3,00 (meia) e é gratuito aos sábados.

No Museu Catavento, as crianças poderão desbravar o conhecimento por meio do acervo do espaço e visitando as exposições Astronomia, Terra, Vida e Engenho. As visitas precisam ser agendadas previamente.  Serão atendidos grupos de 10 pessoas, a cada 10 minutos, e a visita terá duração de 1h50. Mais informações no site: http://www.cataventocultural.org.br. O Museu funciona de quarta a domingo, das 10h às 16h. O ingresso custa R$ 10,00 (Inteira) e R$ 5,00 (meia).

Com uma nova instalação ao ar livre, no jardim do complexo da antiga Hospedaria de Imigrantes do Brás, o Museu da Imigração apresenta a mostra “Respiro”. A exposição propõe uma experiência que relaciona o isolamento social com os sentimentos da pessoa que migra e se encontra afastada de seus lugares, afetos e rotinas.  Os visitantes poderão prestigiar, também, a exposição de longa duração “Migrar: experiências, memórias e identidades” e a instalação videográfica “SobreNomes” – resultado de uma campanha interativa que captou mais de 1.600 registros no fim de 2019. A instituição funciona de quinta a domingo, das 11h às 17h. Informações no site: http://museudaimigracao.org.br/. O ingresso custa R$ 10,00 (Inteira) e R$ 5,00 (meia), gratuito aos sábados.

No Museu da Casa Brasileira, os visitantes poderão conferir as exposições: ‘Casas do Brasil: Conexões Paulistanas’, um trabalho realizado pelo fotógrafo Marcos Freire ao longo de sete anos no território paulistano. Com curadoria da designer gráfica Didiana Prata, a mostra apresenta um olhar singular sobre os 94 subdistritos da cidade de São Paulo; ‘Campos de Altitude’, da fotógrafa carioca Kitty Paranaguá. Uma exposição em conjunto com a Janaina Torres Galeria e que foi inspirada pelo trabalho ‘Câmara Escura’, de Abelardo Morell; e a mostra ‘Urbanismo Ecológico 2020’ que ocupará o hall e o jardim do Museu – uma parceria do MCB com a Escola de Design da Universidade de Harvard. Entrada gratuita aos finais de semana e feriados. Mais informações: www.mcb.org.br. O Museu funciona de terça a domingo, das 11h às 15h.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados