Siga-nos

Meio ambiente

Parques ampliam horário de abertura

Publicado

em

Um respiro no enfrentamento à pandemia, os parques urbanos estão ampliando seus horários de funcionamento. O Ibirapuera, mais visitado da cidade, que agora abre 5h e fecha só à meia noite, permitindo passeios noturnos aos paulistanos que trabalham durante o dia.

Mas, vale destacar, a abertura aos fins de semana, quando costuma haver muito movimento, propiciando aglomerações, ainda não foi autorizadas. Também continuam interditadas as quadras e a marquise do Ibirapuera, com proibição de esportes coletivos. Estão liberadas atividades de caminhada, corrida, skate, ciclismo, patins…
Outros parques como Aclimação e Independência agora fecham seus portões só às 20h. Vale destacar que nem todos os portões, aliás, estão abertos para o público.

No Ibirapuera, estão operando os portões 2, 3, 5 e 10 (5h à 0h); 4, 6 e 9 (5h às 22h); 7, 8 e 9 (6h às 20h); 7A (7h às 17h); Os horários dos demais parques acessando este link

Também foi ampliado o número de parques abertos: agora são 70 dos 108 parques municipais (59 urbanos, cinco naturais e seis áreas de preservação).

Mas ainda há vários parques fechados, alguns deles na zona sul paulistana, como o Parque Modernista (Vila Mariana), Chuvisco (Jardim Aeroporto) e Lina e Paulo Raia (Conceição).

Alguns moradores do entorno de parques que permanecem fechados – especialmente no Jabaquara – vêm reclamando da dificuldade de visitar o Ibirapuera ou outros parques distantes de suas casas.

De acordo com a Secretaria Municipal do verde e Meio Ambiente, os critérios para determinar os parques que continuariam fechados foram a grande quantidade de frequentadores e os que têm mais atividades coletivas, por exemplo quadras esportivas. A Secretaria ainda informou que atualmente está em avaliação a possibilidade de reabertura de outros parques.

A SVMA ainda aponta que houve equilíbrio na abertura de parques conforme a região da cidade. “É importante esclarecer que não foram reabertos parques em todas as regiões da cidade, sejam áreas centrais ou periféricas, como é o caso de Sapopemba, Itaquera, M’Boi Mirim e Parelheiros, por exemplo”, informou, em nota.

Lazer no Parque do Ibirapuera após a flexibilização do isolamento social durante a pandemia de covid-19.

Balanço

A SVMA contabilizou após a sexta semana, 1.013.008 frequentadores nos 70 parques municipais desde a reabertura, que aconteceu no dia 13 de julho.Os cinco parques mais visitados desde a reabertura foram: Ibirapuera (348.694), Carmo (105.924), Aclimação (71.506), Independência (62.636) e Luz (50.074).

Distanciamento

Os parques municipais: Ibirapuera, Carmo, Burle Marx e Povo ganharam uma novidade: foram pintados círculos nos gramados, com cerca de 2,5 e 3 metros de diâmetro. O principal objetivo é orientar os frequentadores sobre o distanciamento necessário neste período de pandemia.

Nos parques municipais estão suspensos eventos e fotos comerciais em razão das medidas adotadas pela Prefeitura de São Paulo para combater o Coronavírus.

Atividades físicas como caminhada, corrida, trilha e ciclismo (conforme a estrutura de cada unidade) estão liberadas, respeitando o uso de máscara e o distanciamento social. Práticas que promovem aglomeração, como eventos e esportes coletivos, estão temporariamente suspensas. Nesta etapa, os parquinhos e equipamentos de ginástica também estão restritos. Os sanitários permanecem abertos.

Há restrição no número de portões de acesso, sinalização de piso em áreas que promovam fila para o cumprimento do distanciamento social e reorganização das áreas de consumo de alimentos das lanchonetes, conforme protocolos setoriais.

Além do uso obrigatório de máscaras, há disponibilização de álcool em gel 70% para higienização das mãos e, nos espaços com sanitários abertos (nos parques Ibirapuera e Carmo), sabão líquido.

A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente também promove a contagem de frequentadores, observando dias e horários de maior e menor fluxo, ocorrências ou notificações de casos suspeitos ou confirmados de trabalhadores (servidores ou terceirizados) e analisa o cumprimento desse protocolo.

Parques abertos

Estão neste primeiro grupo 59 parques urbanos e lineares: Jardim da Luz, Aclimação, Independência, Buenos Aires, Ibirapuera, Cemucam, Alfredo Volpi, Carmo, Piqueri, Vila dos Remédios, Anhanguera, São Domingos, Raposo Tavares, Lions Clube Tucuruvi, Raul Seixas, Santa Amélia, Burle Marx, Eucaliptos, Chácara das Flores, Tiquatira – Eng. Werner Zulauf, Ipiranguinha, Trote, Parelheiros, Povo – Mario Pimenta Camargo, Vila Prudente – Ecológico Prof. Lydia Natalízio Diogo, Rapadura, Itaim, Fogo, São José, Sapé, Água Vermelha, Aricanduva, Vila do Rodeio, Consciência Negra, Jardim Sapopemba, Sena, Ten. Brig. Faria Lima, Juliana de Carvalho Torres – Cohab Raposo Tavares, Zilda Arns, Lajeado – Izaura Pereira Franzolin, Canivete, M’Boi Mirim, Barragem de Guarapiranga, Ciência, Mongaguá, Rio Verde, Ribeirão Caulim, Ribeirão Cocaia, Cantinho do céu, Sete Campos, Jardim Prainha, Guabirobeira – Mombaça, Jardim da Conquista, Ribeirão Oratório, Sapopemba (Aterro), Feitiço da Vila, Chácara do Jockey, Jardim das Perdizes e Parque Nair Bello, em Itaquera.

Fazem parte dos espaços abertos cinco Parques Naturais Municipais, que terão seu funcionamento retomado conforme o projeto-piloto de visitação, iniciado antes da pandemia. Cada unidade abrirá um dia na semana, de segunda a quinta, das 10h às 16h. São eles: PNMs Jaceguava (segunda-feira); Itaim (terça-feira), Fazenda do Carmo (terça-feira), Varginha (quarta-feira) e Bororé (quinta-feira). As unidades permanecerão fechadas de sexta a domingo.

Estão incluídas também as 6 áreas de preservação, o PNM Cratera de Colônia: Reserva do Morumbi, Quississana, Ecológico de Campo Cerrado Alfred Ústeri, Savoy City e Altos da Baronesa. O acesso a essas unidades é concedido apenas para fins de pesquisa, mediante agendamento.

Parques fechados

Outros parques urbanos e lineares permanecem fechados: Trianon, Guarapiranga, Previdência, Nabuco, Lina e Paulo Raia, Rodrigo de Gásperi, Vila Guilherme, Luiz Carlos Prestes, Severo Gomes, Chico Mendes, Jardim Felicidade, Santo Dias, Cidade de Toronto, Ermelino Matarazzo, Colinas de São Francisco, Jacintho Alberto, Cordeiro Martin Luther King, Castelo, Nove de Julho, Shangrilá, Zilda Natel, Guaratiba, Vila Sílvia, Pinheirinho D’Água, Herculano, Guanhembu, Praia de São Paulo, Casa Modernista, Mário Covas, Leopoldina, Benemérito Brás, Águas, Senhor do Vale, Central do Itaim, Nebulosas, Tatuapé, Chuvisco e Nascentes do Ribeirão Colônia.

Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. Daiana Vicente

    18 de setembro de 2020 at 8:23

    O parque trot também é aberto de sexta feira ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados