Siga-nos

Urbanismo

Obras do monotrilho atrasam e só serão entregues após a Copa

Publicado

em

Em visita às obras da Linha Ouro – 17 do Metrô, o governador Geraldo Alckmin acabou confirmando que, diferente do previsto inicialmente, o trecho ligando Congonhas à malha ferroviária urbana não ficará pronto antes da Copa de 2014. Vários prazos já foram prometidos pela Companhia do Metropolitano para a linha – o primeiro deles apontava dezembro de 2010 como início da circulação de trens em elevado entre a estação São Judas, na Linha Azul, e o Aeroporto. Mas, o projeto de ligação com São Judas foi até suspenso e, por enquanto, a ligação com a linha azul está prevista apenas para uma segunda etapa da obra, com previsão apenas para 2016, e ainda assim na estação Jabaquara, em vez de São Judas.
Alckmin esteve no canteiro de obras na avenida Jornalista Roberto Marinho em 6 de novembro, para conferir de perto a segunda etapa de concretagem de um dos capitéis de apoio das vigas do monotrilho da Linha 17-Ouro do Metrô. O secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, também estava presente e afirmou que a previsão de conclusão das obras, agora, é para o segundo semestre de 2014.
Para o governador, trata-se de uma obra “para a cidade” e não “para a Copa”. Alckmin ainda anunciou o lançamento dos editais para a construção de dois lotes da primeira etapa da obra, sendo quatro estações para cada lote. A linha Outro vai integrar o Aeroporto de Congonhas com a Linha 1-Azul, Linha 9-Esmeralda da CPTM, Linha 4-Amarela e Linha 5-Lilás. Mas, a primeira etapa, prevista para ser inaugurada às vésperas das eleições para governo do estado e presidência vai apenas contemplar a interligação entre Congonhas e a marginal Pinheiros, onde será feita conexão com a linha Esmeralda de trens, da CPTM.
Segundo o metrô, será possível seguir do Aeroporto de Congonhas até a estação Morumbi da Linha 9-Esmeralda (CPTM) em 12 minutos. A primeira etapa da Linha 17-Ouro compreenderá oito estações: Jardim Aeroporto, Congonhas, Brooklin, Vereador José Diniz, Água Espraiada, Vila Cordeiro, Chucri Zaidan e Morumbi. Este trecho terá 7,7 km. O acesso ao Metrô na região de Congonhas será pela Avenida Washington Luís.
No total, a Linha Ouro terá 18 quilometrôs de extensão e 18 estações.
A segunda etapa prevê a ligação entre a estação Morumbi e estação São Paulo-Morumbi, que fará parte da Linha 4-Amarela. Esse trecho passará por Paraisópolis. Dentro da mesma etapa, será até 2015 o trecho Jabaquara a Brooklin Paulista.
A frota será composta por 24 trens com capacidade para 400 passageiros. O total de investimento até 2014 chegará a R$ 3,6 bilhões até 2014.

 

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados