Siga-nos

Esporte

Inspire-se nas Olimpíadas e siga roteiro na zona sul

Publicado

em

Mais do que torcer, as Olimpíadas podem servir para inspirar muita gente – crianças especialmente, mas não somente. Seja para sair do sedentarismo, melhorar a saúde ou mesmo para se tornar um atleta profissional, há um roteiro na zona sul paulistana perfeito para quem está acompanhando os jogos e se encantou com nossos recentes medalhistas.

Skate

Estima-se que o skate já atraia mais de um milhão de pessoas só na capital paulista, que quer se tornar a capital mundial do skate e já sediou campeonatos internacionais.

Para abraçar os adeptos do skate, a cidade de São Paulo conta com pistas desde o nível iniciante ao profissional. Elas estão presentes nos Centros Educacionais Unificados (CEUs), em praças e parques.

Uma das pistas famosas está no Parque da Independência, palco do tradicional campeonato Independência ao Longboard, no Ipiranga. O Parque fica na Avenida Nazaré, s/n.

Outra ótima pedida é a Pista do Parque do Chuvisco, inaugurada em 2019. Ela conta com 29 obstáculos e ocupa uma área de 1.420m² de pista plana e 750m² de pista inclinada, totalizando 2.170m².  Trata-se de um dos maiores espaços destinados à prática em São Paulo.

O projeto arquitetônico foi assinado pela Pug Skateparks (empresa do campeão mundial de skate Murilo Peres), que priorizou o aspecto flow park,  formado por uma área de circuito horizontal com obstáculos (plaza), integrada a um circuito de transições (skate park). As duas incorporações são modalidades olímpicas.

O Parque do Chuvisco fica na Rua Ipiranga, 792, no Jardim Aeroporto e a pista fica ao lado, junto à Avenida Jornalista Roberto Marinho.

Algumas recomendações devem ser lembradas para quem quer se aventurar no skate em 2021. Além do uso de equipamentos de segurança, como capacete, cotoveleiras, joelheiras e luvas, é importante lembrar de manter os cuidados com a pandemia, verificando os horários de funcionamento dos locais, além de usar máscara, respeitar o distanciamento social, dar preferência a espaços abertos e com pouca lotação e higienizar as mãos e equipamentos sempre que necessário.

BMX – Bicicross

Outro endereço a ser descoberto é a PumpTrack recém inaugurada no Parque das Bicicletas (Alameda Iraé, 35). Composta por lombadas que possibilitam acelerar a bicicleta sem o uso dos pedais, a pump track pode ser utilizada por ciclistas, patinadores, skatistas, usuários de patinetes e cadeirantes. Como possui dois níveis de percurso, também pode ser frequentada por iniciantes e crianças. É preciso ter bicicleta própria.

Também chamado de BMX, esse esporte começou a ser praticado no final da década de 1950 na Europa e tornou-se popular nos anos 1960 e 1970 na Califórnia (EUA). Existem duas modalidades: o racing (corrida) e o freestyle (manobras).

Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa

Ali do lado do Parque das Bicicletas, existe o Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa. Diferente das dicas anteriores, esse é para quem quer ir além e investir em algum esporte.

Há mais de 45 anos, a Prefeitura investe em treinamento de ponta para atletas, no Centro Olímpico Municipal, administrado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. Além do espaço físico, o local também oferece equipes multidisciplinares para aumentar o rendimento dos jovens que começam a carreira nas competições.

Atualmente, o local é gerenciado pelo ex-atleta Tiago Camilo, que já foi campeão mundial no judô. Para ele, o Centro Olímpico tem toda a estrutura necessária para treinar atletas de alto rendimento.

Também recebeu há pouco tempo novos equipamentos para melhorar o rendimento dos atletas, como tablets que acompanham o desempenho.

Novas barras assimétricas, vindas diretamente da Alemanha, para o treinamento dos ginastas, e kits de levantamento de peso que serão usados pelas equipes de ginástica, atletismo e luta olímpica são outras aquisições recentes.

O Centro Olímpico tem uma agenda de peneiras para as mais diversas modalidades e é especial referência em algumas modalidades do atletismo, luta e futebol feminino. Mas, durante a pandemia o cronograma foi alterado – para informações, ligue 3396.6452

Fica na Avenida Ibirapuera, 1315, também com entrada pela Rua Pedro de Toledo, 1653, ao lado da estação AACD Servidor – Linha Lilás do metrô.

Centro de Treinamento Paraolímpico

O Centro de Treinamento Paraolímpico Brasileiro está localizado no Parque Fontes do Ipiranga, junto à Rodovia dos Imigrantes, perto da estação Jabaquara.

Moderno e construído com verbas federais e estaduais, o CPB tem instalações esportivas indoor e outdoor que servem para treinamentos, competições e intercâmbios de atletas e seleções em 15 modalidades paralímpicas: atletismo, basquete, esgrima, rúgbi e tênis em cadeira de rodas, bocha, natação, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, halterofilismo, judô, tênis de mesa, triatlo e vôlei sentado.

Conta com alojamento e instalações completas. O Centro de Treinamento normalmente pode ser visitado de segunda a sexta-feira. Para informações sobre as visitas durante a pandemie e agendamento, entre em contato no e-mail: atendimento.ct@cpb.org.br.

Escola Paralímpica

O Centro Paralímpico Brasileiro no Jabaquara ainda conta com a Escola Paralímpica de Esportes do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). O objetivo é promover a iniciação de crianças com deficiência física, visual e intelectual na faixa etária de 10 a 17 anos em oito modalidades paralímpicas. As atividades são realizadas no Centro de Treinamento Paralímpico, no quilômetro 11,5 da Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo.

É importante ressaltar que podem participar apenas residentes na cidade de São Paulo e municípios vizinhos, e que estejam matriculadas em rede de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). O CPB já tem cadastrados mais de 700 alunos, e cerca de 500 frequentam as aulas, desde o início das atividades

As inscrições podem ser feitas pessoalmente ou pelo e-mail  escolaparalimpica@cpb.org.br, contendo idade, tipo de deficiência e a cidade de residência ou pessoalmente no CT Paralímpico (Rodovia dos Imigrantes, km 11.5, São Paulo), com o departamento de Coordenação de Esporte Escolar.

O telefone para contato é (11) 4710 4217.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados