Siga-nos

Evento

Ibirapuera: 69 anos

Publicado

em

Ponto turístico mais conhecido da capital paulista, o Parque Ibirapuera completa seu 69º aniversário no dia 21 de agosto. Para celebrar a data, a Urbia, gestora do espaço, preparou uma programação especial gratuita para que seus visitantes possam conhecer mais de perto a história de diversidade do espaço, além de se conectarem mais profundamente com a natureza.

Neste ano, para celebrar, foi promovida a 2ª edição do Concurso Cultural de Fotografias do Parque, nomeado como #Ibira69anos. Além disso, outros eventos farão parte da agenda comemorativa, como a apresentação de alunos e ex-alunos da Escola de Música com a participação especial do Quarteto de Cordas do Theatro Municipal de São Paulo e as atividades infantis que serão realizadas na ‘Estação Biodiversidade Bicho ou Planta’. Veja abaixo a agenda completa para a celebração:

#Ibira69 anos – 2º Concurso Cultural de Fotografias do Parque Ibirapuera

Visando aproximar ainda mais o Parque Ibirapuera de seus frequentadores, a Urbia realiza a 2ª edição do Concurso Cultural de Fotografias do espaço. Intitulada como #Ibira69anos, a atividade propõe o resgate de memórias afetivas de seus frequentadores, com fotos de momentos especiais que foram capturadas em qualquer lugar do Ibirapuera. Para fazer parte do concurso, os interessados devem colocar sua foto do Parque Ibirapuera no feed do Instagram utilizando a hashtag #Ibira69Anos, entre os dias 13 e 18 de agosto.

Após isso, haverá uma pré-seleção das fotografias e, posteriormente, os seguidores poderão votar em suas imagens favoritas nos stories do @ibirapueraoficial. Os três vencedores terão suas imagens divulgadas no Instagram do Parque e nos totens físicos que ficam situados em diversos locais do parque. O resultado será anunciado no dia 22 de agosto.

Os perfis do Instagram dos participantes devem estar abertos, possibilitando que a equipe da Urbia acesse as fotos e faça a avaliação. Importante ressaltar que todas as fotos serão permitidas, seja com celular ou câmera profissional, sendo paisagem ou selfie. O critério principal é que tenham sido feitas no Parque Ibirapuera.

Estação Biodiversidade

No sábado (19) e no domingo (20), das 10h às 12h e das 14h30 às 16h30, as crianças poderão se conectar ainda mais com a natureza por meio da atividade ao ar livre ‘Estação Biodiversidade Bicho ou Planta’.

Na oportunidade a criançada terá contato direto com a biodiversidade local do Parque e com o acervo botânico e a fauna do Ibirapuera terão várias possibilidades de aprendizagem sobre a natureza de forma divertida, interativa e dinâmica.

A diversidade de cores, tamanhos, texturas das folhas, frutos, sementes das espécies nativas ou exóticas, fica ainda mais evidente e interessante com o uso de lupas de aumento e as cartelas impressas com exemplares da fauna, que são inspirações para a produção de colagens, desenhos, além de muito bate-papo na Estação instalada em uma das mesas de piquenique, localizada próxima ao Parquinho.

Enquanto coletam, observam, desenham, colorem e produzem colagens, os pequenos se divertem, aprendem e ampliam o vocabulário sobre biodiversidade, conservação e sustentabilidade.
Música no Parque

No domingo (20), às 16h, o Auditório Ibirapuera será palco de uma apresentação da Orquestra Furiosa e com a participação especial do Quarteto de Cordas do Theatro Municipal de São Paulo. O grupo é formada por estudantes e ex-estudantes da Escola de Música e tem um repertório variado, sempre vinculado à música brasileira. Numa formação que pode funcionar como uma orquestra, mas também como uma big band, um regional de choro e até as tradicionais bandas de coreto, a Furiosa envolve o público com música e ritmo, regida por Nailor Proveta. Os shows integram o Projeto Música no Parque, realizado pela Concessionária. O espetáculo é gratuito e aberto ao público em geral, sem necessidade de retirada prévia de ingressos.

Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. Silvana de Paula Moreno

    21 de agosto de 2023 at 20:29

    Parque Ibirapuera foi para mim muito importante em um momento que eu estava passando. Estava em tratamento numa Clínica de Oftalmologia do lado do parque onde o meu diagnóstico era Glaucoma e depois de alguns dias depois da cirurgia quando fui tirar os pontos junto com a minha filha e estava bem preocupada achando que eu iria perder a visão minha filha me levou até o parque para ver a beleza da natureza e foi aonde eu consegui me fortalecer e enxergar a vida com positividade e ali eu fiquei muito Feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2023 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados