Siga-nos

Comércio

Horário de abertura do comércio muda novamente

Publicado

em

horário comércio

Confira as novas regras para abertura do comércio, que mudam em 24 de maio e depois em 1 de junho

 

O toque de recolher continua, altos índices de contágio no Estado, pelo novo coronavírus, também. Mas, o Governo do Estado anunciou essa semana ampliação gradual do horário de funcionamento do comércio e capacidade máxima de atendimento nos estabelecimentos.

As constantes mudanças provocam confusão tanto em consumidores como em muitos comerciantes e empresários. Veja exatamente o que muda:

A partir do dia 24 de maio

Na próxima segunda, 24 de maio, já haverá algumas mudanças no atendimento, que terá capacidade máxima ampliada para 40% do total – atualmente o limite de público é de 30% permitido.

Mas, o horário permitido continua o mesmo: das 6h às 21h, para estabelecimentos comerciais, galerias e shoppings. Vale inclusive para restaurantes e similares, salões de beleza, barbearias, academias, clubes e espaços culturais como cinemas, teatros e museus.

O toque de recolher continua nas 645 cidades do Estado, das 21h às 5h, assim como a recomendação de teletrabalho para atividades administrativas não essenciais e escalonamento de horários para entrada e saída de trabalhadores do comércio, serviços e indústrias.

A partir do dia 1 de junho

Depois, a partir de 1 de junho, será autorizado o funcionamento de todo tipo de estabelecimento até 22h, com limite de lotação também ampliado para 60%. O toque de recolher continuará em vigor, porém das 22h às 05h.

A Prefeitura ainda não anunciou se haverá alterações no horário do rodízio de veículos, que atualmente segue o horário do toque de recolher, conforme a placa de cada veículo.

ontinuam liberadas as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos, desde que seguidos todos os protocolos de higiene e distanciamento social.

“Vamos também iniciar um amplo programa de testagem rápida de pessoas sintomáticas nos municípios em todo o Estado de São Paulo”, afirmou o Governador João Doria, em entrevista coletiva na quarta, 19.

Segundo a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, o modelo da testagem rápida para sintomáticos nos municípios foi recomendado pelo Centro de Contingência do coronavírus. “Hoje já temos disponível um novo modelo de teste antígeno, que permite um trabalho de controle maior da pandemia e que é fundamental, já que houve tantos atrasos no cronograma nacional de vacinação”, disse ela.

Atualmente, há mais de 22 mil pessoas internadas por Covid no Estado – quase a metade desse total em UTIs. O total de imunizados com duas doses é de pouco mais de 5 milhões de pessoas.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados