Siga-nos

Solidariedade

Frio vai aumentar: como ajudar quem está nas ruas?

Publicado

em

pessoas nas ruas

Nos últimos sete dias, a Prefeitura já atendeu e encaminhou quase 2 mil pessoas para abrigos e distribuiu centenas de cobertores para pessoaso em situação de rua. Como mostraram pesquisas, especialmente nos dois últimos anos, por conta da crise econômica, famílias inteiras passaram a ocupar espaços públicos, perderam suas casas.  Basta dar uma volta por endereços da Vila Mariana, Saúde, Jabaquara e outros bairros para perceber essa nova realidade. Nos baixos do viaduto Onze de Junho, em barracas espalhadas pelo corredor Jabaquara-Domingos de Moraes, sob marquises de pontos de ônibus e em várias praças dessas regiões há crianças, mulheres, idosos…

A Prefeitura iniciou na semana passada a Operação Baixas Temperaturas, que estimula o acolhimento dessas famílias em abrigos municipais e hoteis conveniados. Mas, como a comunidade pode ajudar?

Ligue e informe

Viu uma pessoa em situação de vulnerabilidade? Uma família? A população em geral pode ajudar as pessoas em situação de rua solicitando uma abordagem social por meio da Central 156 (ligação gratuita).

O serviço funciona 24 horas por dia e a solicitação pode ser anônima. Entretanto, é importante informar o endereço da via em que a pessoa em situação de rua está com número aproximado, citar pontos de referência, além de características físicas e detalhes de como a pessoa a ser abordada está vestida.

Para a Operação Baixas Temperaturas, somente nos primeiros meses, haverá um aporte de 2 mil novas vagas nos serviços de acolhimento da rede socioassistencial (mais de 700 já foram entregues na primeira semana da operação), distribuídas em Centros de Acolhida, hotéis e Centros Esportivos. Elas serão destinadas exclusivamente para a OBT, o que significa quase o dobro do número aditado em 2021, quando foram acrescentadas 1.047 vagas aos serviços da rede. Isso reforça o compromisso desta gestão com a expansão de vagas para atender o aumento da demanda, como aponta o Censo da População em Situação de Rua.

Além da ampliação de vagas exclusivas para a OBT, a rede de serviços conta com 15.116 vagas em Centros de Acolhida, 2.138 vagas em hotéis, e outras 1.064 já credenciadas em estabelecimentos hoteleiros, em fase de contratação de OSC’s.

Doe cobertores

Essa semana foi lançada também a Campanha Inverno Solidário 2022., sob responsabilidade do Fundo Social de São Paulo (FUSSP). A iniciativa busca arrecadar cobertores novos que serão doados às pessoas em situação de vulnerabilidade social para ajudá-las a enfrentar o período de frio. A ação será realizada até 21 de setembro.

As doações podem ser feitas nos postos do Poupatempo. Na Zona Sul, há unidades Santo Amaro, Cidade Ademar e Alesp (Assembleia Legislativa – em frente ao Parque do Ibirapuera).

O recebimento das doações também acontecerá junto a outros estabelecimentos parceiros, como estações de trens e Metrô, além de terminais de ônibus da EMTU, como o do Jabaquara. A lista completa está em inverno
solidario.sp.gov.br.

Mas, lembre-sse: doe apenas itens novos ou em ótimo estado de conservação e limpos.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados