Jornal São Paulo Zona Sul

Delegacias da Mulher agora funcionam 24 horas por dia

Que a Delegacia de Defesa da Mulher é essencial e pode fazer toda diferença no atendimento a vítimas de violência doméstica e outros crimes, todos já sabem. Mas, esse trabalho ficava comprometido pelo fato de não ser realizado 24 horas. Uma mulher agredida em uma madrugada ou final de semana precisava ir a uma delegacia comum.

Criadas em 1985, as delegacias de defesa da mulher só funcionavam em horário comercial. A partir de agosto de 2016, somente a DDM Sé passou a operar em horário integral. Agora, finalmente, o serviço foi ampliado. Outras quatro delegacias passaram a funcionar 24 horas por dia na capital paulista, duas delas na zona sul: a 2ª (Sul – Vila Clementino), 6ª (Santo Amaro), 7ª (Itaquera) e 8ª (São Mateus) DDMs. No total, o Estado conta com 133 DDMs, sendo nove na capital, 16 na Grande São Paulo e 108 no interior.

A polêmica envolvendo ofuncionamento das Delegacias vêm de muitos anos, portanto. E no final de 2018 ganhou novos contornos. A assembléia Legislativa aprovou projeto da deputada petista Beth Sahão, determinando que todas as delegacias de Defesa da Mulher passassem a operar 24h.
Mas, em janeiro, o recém empossado governador João Doria vetou o projeto, com o argumento de que seria uma inferência em decisões do Executivo.

Nos dois primeiros meses do ano, Doria anunciou outras duas delegacias 24 horas no interior, em Sorocaba e Campinas. Com as unidades anunciadas essa semana, o número sobe para sete DDMs de funcionamento integral. “Prometemos e vamos cumprir. Até 31 de março teremos 10 Delegacias da Mulher 24 horas por dia funcionando em São Paulo”, disse o governador. No total, o Estado conta com 133 DDMs, sendo nove na capital, 16 na Grande São Paulo e 108 no interior.

Para o atendimento 24 horas, além do efetivo lotado nas DDMs, haverá o reforço de 49 policiais que serão realocados de outras unidades. As DDMs da capital que passam a atender 24 horas compreendem 44 bairros da cidade de São Paulo.

“Estas delegacias de Santo Amaro, Vila Clementino, Itaquera e São Mateus foram priorizadas em razão do número de ocorrências que são registradas ali. Todas equipadas com brinquedoteca, para que as mulheres possam levar os seus filhos quando forem registradas as ocorrências”, afirmou a delegada Elisabete Sato, Delegada Geral de Polícia Adjunta.

Santo Amaro

Em Santo Amaro, a DDM 24 horas funcionará em nova sede. Ali, haverá maior estrutura para o atendimento à população e melhores condições de trabalho aos policiais civis, segundo a Secretaria de Segurança Pública. A unidade funcionará no mesmo prédio do 11º Distrito Policial (Santo Amaro). As novas instalações contam com recepção, 16 salas, sete banheiros e uma brinquedoteca.

A 6ª DDM fica na na Rua Padre José de Anchieta, 138 – Santo Amaro. A 2ª DDM fica na Avenida Onze de Junho, 89 – Vila Clementino.

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!