Jornal São Paulo Zona Sul

Creci quer vender prédio da Indianópolis

Como o jornal São Paulo Zona Sul já havia anunciado no ano passado, o Creci SP efetivamente decidiu pela venda do imóvel que adquiriu em 2011, na Avenida Indianópolis, no Planalto Paulista, por R$ 22 milhões

A entidade, que representa os corretores de imóveis, havia comprado o imenso prédio histórico, que foi sede do Laboratório Ótico DF Vasconcelos por décadas, para transformá-lo em sua sede. Mas, já procura outro imóvel para compra.

O prédio nunca chegou a ser ocupado efetivamente e nem o projeto definitivo de reforma sequer chegou a ficar pronto. Com 10 mil metros quadrados e ocupando um quarteirão inteiro no Planalto Paulista, bairro estritamente residencial. Conta com vários galpões e até um observatório, em cúpula no teto – o que se explica por ter sido sede de uma fábrica de equipamentos óticos.

O Creci, na época da compra do prédio, havia anunciado que recuperaria o laboratório e promoveria sessões abertas a estudantes na cúpula.

Procurado o Creci informou que decidiu pela venda do imóvel porque, mesmo após o retrofit, não atenderia as necessidades precípuas da administração, em sua totalidade devido às restrições no zoneamento da Capital que impedem o funcionamento de um auditório assim como estacionamento de número maior de veículos.
Confirmou ainda que após a publicação de edital para alienação do imóvel, em dezembro passado, não surgiram interessados na compra.

Multa

O Tribunal de Contas da União multou o Creci SP por conta do processo de compra de 2011. Segundo o Tribunal, não houve disputa, como prevê a Lei de Licitações, já que o Creci é um órgão de categoria profissional, com recursos advindos de pagamentos compulsórios por seus filiados.

O TCU questionou se realmente houve urgência na compra e as razões da escolha do imóvel na Avenida Indianópolis, que não obedeceria critérios técnicos para sediar o Creci SP.
A multa vem sendo questionada pelo Creci, na Justiça, mas em março o pedido de cancelamento foi indeferido pela 14a Vara Civel Subseção Judiciária de São Paulo.

Nova sede

Já para a compra de nova sede, o chamamento público publicado pelo Creci prevê inúmos requisitos, como localização próxima ao metrô, condições estruturais reformadas, estrutura com para estacionamento de toda frota pertencente ao órgão, adequação ao zoneamento e total aprovação da edificação conforme nomas de segurança e legislação, além de projeto aprovado. Inclui ainda existência de geradores e no breaks.

Imóveis existentes na Avenida Indianópolis, como é o caso do edifício adquirido pelo Creci, podem funcionar como escritórios, sedes administrativas. É o caso, por exemplo, da sede da Serasa Experian, que também ocupa prédio antigo histórico, que também já foi sede de um laboratório, uma empresa do ramo farmacêutico. Depois de anos fechado, o prédio foi comprado pela Serada que o reformou completamente, garantindo acessibilidade e sustentabilidade completas no prédio, em 2002, mas ainda mantendo aspectos tradicionais e históricos do prédio.

A Serasa, aliás, apresentou questionamentos sobre o interesse do Creci em comprar uma nova sede. Mas, não se sabe se tem relação com seu prédio na mesma avenida.

Transparência

A negociação de venda do edifício na Avenida Indianópolis, bem como o chamamento público para busca de uma nova sede podem ser consultados por meio da pesquisa do portal transparencia.creci.org.br. Lá, entretanto, o prazo estabelecido para apresentações de propostas – de compra de novo imóvel e também de venda do edifíciol na Indianópolis – já venceram e não há dados suficientes sobre eventuais interessados.

O Creci SP também confirmou, essa semana, que – desde que o edital de venda foi divulgado, em dezembro passado – ainda não apareceram interessados na compra do edifício na Avenida Indianópolis. Também até agora não foi adquirido outro imóvel para se tornar nova sede da entidade.

1 comentário

  • Ironia!!!
    Como pode uma entidade patronal e que representa Corretores de Imóveis- os quais devem estudar e indicar bons negócios- pode pisar na bola deste jeito???? Td isto deveria ser visto antes de comprarem!!!

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!