Jornal São Paulo Zona Sul

Como lidar com o rodízio municipal em caso de emergência médica

A nova medida da Prefeitura e Governo de Estado esta causando muita polêmica entre a população da capital paulista. Ainda existem muitas dúvidas e críticas sobre o novo rodízio implantado  no inicio dessa semana, em que carros com placas de número final par só poderão circular em dias pares, enquanto que carros com placas de final ímpar só poderão circular em dias ímpares – valendo inclusive para os finais de semana.

No início da semana a Prefeitura de São Paulo informou que aqueles que necessitarem realizar um deslocamento de carro devido à emergência médica e forem autuados por desrespeito ao rodízio emergencial, poderão recorrer da multa pelas vias de defesa já existentes, indicadas quando do recebimento da notificação de autuação.

As Defesas da Autuação podem ser feitas on-line, sem sair de casa, pelo DSV Digital (https://dsvdigital.prefeitura.sp.gov.br), e a interposição de recursos pode ser feita pelos Correios. Ambas as possibilidades já eram oferecidas antes do período de Pandemia de Covid-19.

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!