Siga-nos

Esporte

Centro Olímpico completa 40 anos e futebol feminino é destaque

Publicado

em

Já se vão 40 anos desde que foi criado um equipamento esportivo que deveria ser referência na formação de atletas – não só de São Paulo, mas do país. O Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, localizado na Vila Clementino, é um projeto da Prefeitura paulistana que foi concebido como uma unidade de aperfeiçoamento dos atletas das categorias de base.

Efetivamente, por lá já passaram muitos talentos, mas também é inegável que nesses quarenta anos muitos obstáculos não esportivos atrapalharam a trajetória do COTP. Com uma área de 50.000 m², sendo aproximadamente 10.000 m² de áreas cobertas, o COTP conta com: piscina olímpica coberta e aquecida; dojô olímpico; arena para ginástica artística; três quadras para treinamento de basquete, vôlei e handebol; centro de treinamento de boxe; centro de treinamento de luta olímpica; campo de futebol com gramado sintético, além do complexo de atletismo.

Histórico

Criado em 03 de fevereiro de 1976, para receber os atletas do “Programa Municipal Adote um Atleta”, o COTP também “Programa de Ação Desportiva”. Nele, os antigos Clubes Esportivos Educacionais, hoje Centros Esportivos trabalhavam de forma integrada com o COTP, indicando jovens com potencial para o alto rendimento. Nesta época, passaram pelo Centro Olímpico, atletas que fizeram história como Hortência, Amauri, Ricardo Prado, Montanaro, entre outros, que se tornaram mundialmente famosos em suas especialidades.

Se na década de 1980, o COTP precisou apenas se adaptar à legislação para que seus atletas pudessem disputar competições – afinal, regulamentos de ligas esportivas proibiam inscrições de órgãos públicos – a década de 1990 representou um gargalo.
Programas como o “Adote Um Atleta”terminaram, houve mudanças na Secretaria Municipal de Esportes e o Centro Olímpico passou a viver um cenário de verba reduzida, com menos funcionários por conta da não realização de concursos públicos.
A manutenção física do espaço também decaiu e o resultado foi que no final do ano 2000, cerca de apenas 100 atletas treinavam ali.

Na década de 2000, a jogadora de basquete Magic Paula, medalhista olímpica e campeã mundial da categoria, assumiu o Centro Olímpico e renovou os ânimos dentro do espaço.

Hoje, dentro de uma nova realidade do esporte, o Centro Olímpico atende atualmente, cerca de 1.000 atletas em 10 modalidades olímpicas, individuais e coletivas.

Um dos grandes destaque do trabalho atualmente desenvolvido no Centro Olímpico está no futebol feminino, repetindo, em escala municipal, algo que se mostra forte no país que é o crescimento da modalidade.

Para se ter uma idéia, em 2010, a média de participação em peneiras para selecionar atletas era de 10 meninas. Atualmente há seletivas que contam com 75 garotas em busca de seus sonhos. Elas ocorrem mensalmente, toda primeira quarta do mês.

O Centro Olímpico fica na Avenida Ibirapuera, 1315, na Vila Clementino.

 

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados