Siga-nos

Empregos

Cate tem vagas de empregos na Zona Sul

Publicado

em

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de São Paulo realiza processo seletivo para 600 vagas de empregos nesta semana. Por volta de 12% das oportunidades são destinadas para o setor da construção civil, com salário médio de R$ 1.500. As inscrições ocorrem até o dia 14 de outubro, às 18h, por meio do site www.bit.ly/vagasnocate. A equipe do Cate – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo faz a pré-seleção on-line e encaminha os candidatos para demais etapas do processo nas empresas.

Entre as vagas que se destacam esta semana, 74 são para o setor da construção civil. O candidato pode atuar como servente de obras ou carpinteiro. São 20 postos destinados para servente de obras – remuneração de até R$ 1.707. Entre as funções que o interessado deverá executar estão auxiliar os oficiais na realização de obras de edificações de paredes, pisos, construções em alvenarias, concretagem, entre outras. Já para carpinteiro são oito oportunidades, com remuneração de R$ 2.091. A escolaridade mínima é ensino médio incompleto. Os selecionados irão trabalhar na zona norte da capital.

Ainda no setor de edificações são seis postos para atuar como pintor – salário de até R$ 1.561. Para que o trabalhador se cadastre para as vagas é necessário possuir ensino fundamental completo. Algumas das tarefas que deverão ser executadas durante a jornada são pinturas em superfícies internas e externas de edifícios, revestimento de tetos e paredes, entre outras.  A área disponibiliza ainda oportunidades para candidatos com experiência em operação de escavadeira, de ponte rolante e de rompedor – salário de até R$ 2.990.

Já para a área de vendas são 97 vagas, com destaque para vendedor no comércio – salário de R$ 1.750. A escolaridade requisitada é ensino médio completo e ter experiência no setor. Há quatro vagas exclusivas para pessoas com deficiência. Para preencher o posto é necessário possuir carteira de motorista na categoria B ou curso de operador de empilhadeira.

Atendentes encontram 63 vagas, podendo atuar como atendente de mesa ou de lanchonete. Para atendente de mesa a remuneração é de R$ 1.300, sendo exigido o ensino fundamental completo. O local de trabalho é no bairro de Pinheiros, região oeste de São Paulo. Já para atendente de lanchonete são 41 oportunidades – salário varia entre R$ 890 e R$ 1.273. O ensino médio completo é exigência mínima e em alguns casos, seis meses de experiência. Atendimento ao cliente, entrega de cardápios e anotar pedidos são algumas das atividades que o prestador de serviços fará.

Para a colocação de operador de telemarketing (ativo e receptivo) são 60 vagas – salário entre R$ 990 até R$ 1.100. A escolaridade varia entre ensino fundamental completo e o ensino superior completo. É preciso, em alguns casos, possuir seis meses de experiência. As oportunidades são para a zona norte, sul e centro.

O cargo de porteiro tem 46 oportunidades no Cate – remuneração de até R$ 1.551. A formação mínima exigida é o ensino fundamental. O colaborador deverá exercer funções como controlar a entrada e saída de moradores, prestadores de serviços e visitantes, monitorar as câmeras, zelar pela preservação do local entre outras.

Atendimento presencial

As 25 unidades do Cate – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo da Prefeitura de São Paulo –  retomaram suas atividades nessa terça, 13 de outubro, com horário de atendimento das 10h às 16h. Uma delas fica no Jabaquara, junto à Subprefeitura. Veja a lista completa abaixo.

Os serviços como habilitação do seguro-desemprego e formalização para o MEI – Microempreendedor Individual são realizados mediante agendamento prévio na Central 156 ou pelo portal www.sp156.prefeitura.sp.gov.br

Os interessados em formalizar os seus empreendimentos ou aqueles que buscam orientações de como aprimorar alguma atividade já existente, podem agendar em uma das 25 unidades abertas do Cate e serem atendidos pelos analistas de negócios da Ade Sampa, agência que atua em cooperação com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

O atendimento também pode ser realizado remotamente, em virtude da pandemia por coronavírus. São fornecidos esclarecimentos de dúvidas gerais sobre empreendedorismo, consultas sobre os cursos e serviços destinados ao MEI, linhas de crédito, etc.

Endereços do Cate

Centro/Sul
Cate Central – Av. Rio Branco, 252
Cate Interlagos – Av. Interlagos, 6122
Cate Jabaquara – Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 2314
Cate Cidade Ademar – Av. Yervant Kissajikian, 416
Cate Parelheiros – Estrada Ecoturística de Parelheiros, 5252
Cate Santo Amaro – Praça Floriano Peixoto, 54
Cate Campo Limpo – Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 65
Cate Vila Prudente – Av. do Oratório, 172

Zona Noroeste
Cate Lapa – Rua Guaicurus, 1000
Cate Butantã – Rua Doutor Ulpiano da Costa Manso, 201
Cate Pirituba – Av. Dr. Felipe Pinel, 12
Cate Perus – Rua Ylídio Figueiredo, 349
Cate Jaraguá – Estrada de Taipas, 990
Cate Santana – Av. Tucuruvi, 808
Cate Brasilândia – Av. João Marcelino Branco, 95
Cate Jaçanã – Rua Luis Stamatis, 300

Zona Leste
Cate São Mateus – Av. Ragueb Chohfi, 1400
Cate Cidade Tiradentes – Rua Milagre dos Peixes, 357
Cate Itaquera – Rua Augusto Carlos Bauman, 851
Cate São Miguel Paulista – Rua Dona Ana Flora Pinheiro de Souza, 76
Cate Itaim Paulista – Av. Marechal Tito, 3012
Cate Penha – Rua Candapuí, 492
Cate Guaianases – Rua Hipólito de Camargo, 479
Cate Sapopemba – Av. Sapopemba, 9064

 

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados