Siga-nos

Coronavírus

Banco de sangue do Hospital S. Paulo está sem estoque

Publicado

em

Os estoques do Hemocentro do Hospital São Paulo, na Vila Clementino, zeraram! Ao mesmo tempo em que a demanda aumenta, em tempos de pandemia, as doações caem por conta do isolamento social. Ligado à universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina, o hospital tem atendimento universal e gratuito pelo SUS e é um dos principais do país, atendendo pessoas das mais diferentes cidades.

Mas, é possível contribuir para reverter essa situação de maneira segura. Para preservar a saúde dos doadores da contaminação pelo coronavírus e ajudar no reabastecimento do banco, os atendimentos estão sendo previamente agendados pelo telefone (11) 5576-4240, opção 1, de segunda a sexta das 8 às 17h30.

Para doar é necessário ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, estar em boas condições de saúde e alimentado.

Se estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente.

Se é um doador ou tem condições, doe. Se não, espalhe a informação entre amigos para contribuir.

O Hemocentro fica na Rua Diogo de Faria, 824 – Vila Clementino. Telefone: 5576-4240

A doação

Doar sangue é seguro e quem doa uma vez, não é obrigado a doar sempre. No entanto, é muito importante que pessoas saudáveis doem regularmente. Se você quer ser um doador voluntário de sangue, leia abaixo algumas orientações antes de decidir pela sua doação

Uma informação importante é que a doação não é um meio para se testar para AIDS ou outro agente infeccioso, pois há um período entre a infecção e a sua identificação pelos exames laboratoriais, chamado de Janela Imunológica, que pode variar de semanas a meses dependendo do tipo de agente infeccioso. Durante o período de janela imunológica os testes laboratoriais revelam-se negativos e o agente infeccioso pode ser transmitido através da transfusão de sangue.

Portanto, se você estiver em dúvida se pode ou não doar sangue, tire suas dúvidas 5576-4240 – Opção 1. Da sinceridade e consciência do doador pode depender a saúde de quem receberá a transfusão de sangue.

Há critérios que permitem ou que impedem uma doação de sangue, que são determinados por Normas Técnicas do Ministério da Saúde, e visam à proteção ao doador e a segurança de quem vai receber o sangue.

Requisitos básicos

– Portar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho certificado de reservista ou carteira do conselho profissional)

– Estar bem de saúde

– Ter entre 16* e 69 anos (incompletos) | * jovens com 16 e 17 anos podem doar com autorização dos pais e/ou responsáveis legais

– Pesar no mínimo 50 Kg

– Não estar em jejum (evitar apenas alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação)

COMO DOAR

Há 3 principais tipos de doação: de sangue total, por aférese e doação autóloga.

Doação de Sangue Total: é a doação habitual, onde até 450 ml de sangue são coletados em uma bolsa produzida com materiais e soluções que permitem a preservação do sangue. Os homens podem doar de 2 em 2 meses, até 4 vezes ao ano e as mulheres podem doar de 3 em 3 meses até 3 vezes ao ano.

Advertisement
2 Comentários

2 Comments

  1. ADEMIR SILVA MENDONCA

    26 de agosto de 2020 at 11:14

    Estou ligando no telefone 55764240 para agendar doação de sangue mas o telefone está programado para não receber ligações

  2. Vanessa Cristina

    15 de junho de 2021 at 16:08

    Sou doadora a alguns anos fui ao banco de sangue do hospital São Paulo pra fazer a doação hoje porém fui informada que estou com meu cadastro bloqueado, recentemente fui ao hospital Pirajuçara acompanhar meu tio em uma cirurgia e como iria ficar lá o dia todo fui doar o sangue e fui recepcionada por uma enfermeira mal informada que não soube me esclarecer nenhuma das mhas perguntas, pois estava em uso de algumas medicações e ela não sabia me informar absolutamente nada e pelo que a moça do hospital São Paulo me informou hoje foi ela que bloqueou meu cadastro é muito triste que mesmo com a dificuldade que é pra conseguir doadores quando se vai doar ainda encontramos profissionais sem capacitação para receber o doador, minha última doção a quatro meses foi feita na pro sangue do hospital Dante onde não tive problema algum na doação, fui muito bem recebida e recebi todas as informações necessárias. obs: continuo em uso das mesmas medicações e lá não fui bloqueada por fazer perguntas… fico muito triste com esses acontecimentos isso só prejudica o que já está muito difícil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados