Jornal São Paulo Zona Sul

Atletas que vão disputar ParaPan estarão no Jabaquara dias 10 e 11

A segunda etapa nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo será realizada no próximo fim de semana, 10 e 11 de agosto, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Estarão em ação, na pista e no campo de atletismo, 51 dos 60 convocados da modalidade para os Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019. O evento que antecede a competição continental conta com 280 inscritos de 20 estados mais o Distrito Federal. O Parapan ocorrerá de 23 de agosto a 1º de setembro na capital peruana.

Entre os convocados que participarão da segunda fase nacional do Circuito estão: o paraibano Petrúcio Ferreira (classe T47), o paranaense Vinícius Rodrigues (T63) e os paulistas André Rocha (F53), Daniel Martins (T20), Elizabeth Gomes (F52) e Lorena Spoladore (T11). A partir do dia 23 de agosto em Lima, no Peru, 337 atletas brasileiros disputarão as láureas continentais.

Missão Brasileira

O Brasil vai levar ao ParaPan sua maior missão, com 512 integrantes, sendo 337 atletas, entre os quais atletas-guias, calheiros, goleiros e pilotos, que não possuem deficiência, de 23 estados e do Distrito Federal. O evento contará com cerca de 1.890 atletas, de 33 países, com disputa em 17 modalidades.

Nesta edição do Parapan, três modalidades estrearão no programa da competição: parabadminton, parataekwondo e tiro esportivo. Para os jogadores de badminton o mês de agosto reserva mais um grande evento, o Campeonato Mundial da modalidade em Basel, na Suíça, entre os dias 20 e 25. A Seleção Brasileira embarcará diretamente da Europa para o Peru, onde as disputas do esporte estão programadas para começarem no dia 29.

A equipe nacional de paratletas tem treinado no Centro Paralímpico Brasileiro, que fica no Jabaquara.

O Brasil busca repetir o feito das três últimas edições dos Jogos continentais. Desde 2007, os atletas brasileiros não conhecem outro resultado que não seja a liderança do quadro geral de medalhas. Foi assim no Rio 2007, em Guadalajara 2011 e em Toronto 2015. Neste último, conquistamos 257 medalhas, das quais, 109 de ouro, 74 de prata e 74 de bronze.

“A nossa meta no atletismo é superar o número de medalhas conquistadas em Toronto 2015. Todos os nossos atletas convocados têm chance de medalhar. Nestes últimos dias de preparação, nós fazemos os ajustes finos, trabalhando no aprimoramento e não na resistência, como era antes. Uma estratégia é simular uma competição nos treinos para os atletas já entrarem no ritmo”, disse Amaury Veríssimo, técnico-chefe de atletismo do CPB.

As 17 modalidades em disputa são atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, ciclismo, futebol de 5, futebol de 7, goalball, halterofilismo, judô, natação, rúgbi em cadeira de rodas, parabadminton, parataekwondo, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, tiro esportivo e vôlei sentado.

O Parapan dará vaga direta para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 em quatro modalidades: basquete em cadeira de rodas (os três primeiros colocados no masculino e campeão e vice no feminino), rúgbi em cadeira de rodas (campeão), tênis em cadeira de rodas (uma vaga no feminino e uma no masculino) e vôlei sentado (os quatro primeiros do feminino e do masculino). As equipes de futebol de 5, goalball (feminino e masculino) e o atirador Alexandre Galgani já estão classificados.

Serviço

Data: 10 e 11 de agosto
Local: Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo – Rodovia dos Imigrantes, km 11,5 (ao lado do São Paulo Expo, próximo à estação Jabaquara).

Programação*
Circuito Brasil Loterias Caixa de Atletismo
Sábado (10/7) – 8h às 12h e 14h às 18h
Domingo (11/7) – 8h às 12h
*Programação sujeita a alterações

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!