No dia 1 de agosto, uma discussão entre um motorista de Uber e travestis na região da Avenida Indianópolis, no Planalto Paulista, segundo relatos, terminou em morte: Felipe Araújo, de 31 anos, que digiria o carro, foi esfaqueado após uma discussão.

Embora as circunstâncias do crime ainda não tenham sido totalmente esclarecidas, esta semana, a comunidade do bairro promoveu um “Ato Pela Paz”, com pessoas vestindo branco e discursando em busca de mais segurança para o bairro. Vários moradores carregavam cartazes contra a violência e havia familiares de Felipe com fotos da vítima, clamando por Justiça.

Também houve uma missa e um ato em solidariedade à família do motorista assassinado, seguida de orações e uma caminhada com velas  pelas ruas do bairro.

Mirandópolis

Na Rua das Rosas, outra cena de violência chocou a população, mas o final da história foi mais feliz.

Três pessoas foram detidas pela Polícia Militar após tentarem assaltar uma casa, na madrugada do sábado (5), na Rua das Rosas. Policiais militares da 3ª Companhia do 16º Batalhão Metropolitano  (BPM/M) foram chamados para uma ocorrência de roubo. No local, encontraram o portão da casa aberto. Dentro do local, encontraram um homem, de 28 anos, e um adolescente, de 17.

No andar de cima da residência, os PMs encontraram a vítima, de 62 anos, amarrada com fita isolante.

Enquanto libertavam a mulher, os PMs viram que um terceiro homem, de 43, tentando fugir. No desespero de sair impune, o criminoso caiu de uma escada. Ele foi encaminhado ao Hospital São Paulo, onde foi atendido e liberado.

Ao todo, foram apreendidos dois celulares, uma chave de fenda, o cadeado da casa e cerca de R$ 20. Os objetos da casa não chegaram a ser levados. O trio foi levado ao 16º DP (Vila Clementino), onde o caso foi registrado como tentativa de roubo a residência e ato infracional pelo mesmo crime, além de corrupção de menores.

Os adultos ficaram à disposição da Justiça, enquanto o adolescente foi transferido para a Fundação Casa.

Compartilhe:

Comente essa matéria: