O Grupo La Mínima é daqueles que dá gosto de ver no palco.. É o teatro mais puro, a mescla entre o mambembe e o urbano, entre o circo e a encenação nos palcos.

Foi no Circo Escola Picadeiro que o falecido ator Domingos Montagner e Fernando Sampaio se conheceram e iniciaram uma dupla de palhaços. Agora, o La Minima chega aos 20 anos com uma Mostra especial de repertório no teatro João Caetano, na Vila Clementino.

O grupo criou e levou às ruas paulistanas reprises, entradas e outros números circenses, desenvolvidos sob a orientação do Mestre Roger Avanzi, o Palhaço Picolino. Foram 15 anos desta jornada, trabalhando com importantes diretores, mestres da arte do palhaço e do humor, tais como, Leris Colombaioni, Leo Bassi, Chacovachi, Fernando Neves e Alvaro Assad.

Em 2008 ambos foram contemplados com PRÊMIO SHELL DE TEATRO SP de MELHOR ATOR por “A NOITE DO PALHAÇOS MUDOS”, fato inédito na história do prêmio.

Juntos também fundaram o Circo Zanni, coletivo que busca revitalizar a importância dos circos de pequeno e médio porte na vida cultural das cidades.

A celebração dos 20 anos dessa trajetória se traduz em quatro espetáculos no palco do Teatro João Caetano neste mês de Novembro.

Hoje, sexta, 3, entra em cartaz Pagliacci, com direção de Chico Pelucio. Será apresentado até dia 12, sexta e sábado às 21h, domingo, 19h. O ingresso é gratuito e a classificação indicativa é de 14 anos.

Depois, o palco será tomado por “A Noite dos Palhaços, com direção de Alvaro Assad, dias 16 e 17 de novembro, quinta e sexta, 21h. O Ingresso custa apenas R$10,00 (inteira) ou R$5,00 (meia). O espetáculo é livre para todas as  idades.

Dias 18 e 19, será a vez de Reprise, com roteiro, concepção e direção do La Minima, sábado e domingo às 16h, com classificação indicativa livre e ingressos a R$10,00 (inteira) ou R$5,00 (meia)

Também nos dias 18 e 19, o espetáculo À LA CARTE, com direção de Leris Colombaioni será apresentado sábado às 21h e domingo às 19h, ainda com classificação indicativa livre. Ingressos: R$10,00 (inteira) ou R$5,00 (meia).

No último fim de semana do mês, a programação muda e será apresentado o espetáculo Carne Urbana, que busca refletir sobre a fisicalidade dos corpos urbanos e as transformações do corpo, revelando percepções ora silenciadas internamente, ora escancaradas no bando, e que emanam nesta exposição de carnes. Sessõesquinta, sexta e sábado às 21h; domingo às 19h . Também grátis.

O Teatro João Caetano fica na Rua Borges Lagoa, 650. Telefone: 5573-3774

Compartilhe:

Comente essa matéria: