O século XX foi o berço da epidemia mundial da Obesidade. Não importa qual a idade, sexo ou condição sócio econômica; todas as pessoas estão engordando em ritmo assustador. As conseqüências da obesidade são o surgimento de doenças graves que limitam a quantidade e a qualidade de vida, como por exemplo a hipertensão arterial, a diabetes, as doenças cardiovasculares, a apnéia do sono, as doenças ortopédicas como sobrecarga de joelhos e quadril entre outras.

A origem da obesidade é comportamental, ou seja, o homem moderno adotou maus hábitos. Desenvolveu um tipo de alimentação hipercalórica baseada em massas e doces, que não causa saciedade induzindo-o à alimentação compulsiva. Além disso o homem moderno é sedentário. Em outras palavras, ele ingere grande quantidade de calorias e não gasta energia. Essas calorias excedentes serão armazenadas no corpo na forma de gordura.

As mulheres armazenam a gordura no subcutâneo (espaço entre a pele e os músculos) principalmente no quadril. Esse tipo de gordura incomoda do ponto de vista estético, mas não costuma trazer muitas doenças. Os homens armazenam gordura visceral (dentro do abdome). Esse tipo de gordura é muito perigoso, pois produz hormônios que causam hipertensão arterial e diabetes.

O tratamento da obesidade é a mudança de hábitos, ou seja, ingerir alimentos saudáveis e ter atividade física. Em alguns casos de obesidade severa, resistente ao tratamento clinico ou com doenças associadas indicamos a Cirurgia Bariátrica.

O Bypass Gástrico videolaparoscópico (também conhecido por redução de estômago) é a cirurgia bariátrica de maior aceitação mundial. É reconhecida como o padrão ouro. Sua meta é a perda de 35 a 40 % do peso com boa qualidade de vida pois o paciente tem sua fome diminuída e não costuma apresentar vômitos ou diarréia. É muito importante ressaltar que o paciente precisa participar ou seja, reeducando sua alimentação, realizando atividade física constantemente e freqüentando consultas de acompanhamento para sempre.

Sobre a Clínica Franco e Rizzi – Especialista em cirurgia geral e respeitadocomo um dos maiores especialistas do País em sua área, Roberto Rizzi (foto) é certificado pelo SRC (Centro de Excelência em Cirurgia Bariátrica), desde 2011. Inaugurou seu primeiro consultório em 1984. Em 1991, foi um dos pioneiros ao realizar sua primeira cirurgia videolaparoscópica – método que emprega hoje para cirurgias bariátrica, oncológica, da endometriose intestinal e das hérnias complexas. Em 1993, montou a primeira clinica Franco e Rizzi, no bairro Itaim, na Zona Sul, região que conta com uma outra unidade do grupo, no Jabaquara. Agora, expande suas atividades em novo consultório, na Zona Leste. Entre no site para conhecer melhor as doenças digestivas e a obesidade: www.francoerizzi.com.br

Compartilhe:

Comente essa matéria: