Jornal São Paulo Zona Sul

Nicole Puzzi é homenageada em mostra na Cinemateca

Quem mora na Vila Mariana tem o privilégio de ter por perto o maior acervo audiovisual da América Latina. Mais que isso, a Cinemateca Brasileira abriga uma área externa com obras de arte, uma biblioteca e videoteca abertas ao público e tem uma programação diversificada para cinéfilos e curiosos.

Em outubro, um dos destaques será a Mostra “Eu, Nicole Puzzi, Possuída Pelo Prazer”, acontece de até 10 de outubro. E com entrada gratuita. A mostra, entretanto, é classificada para maiores de 18 anos.

“Que Nicole Puzzi é uma das mulheres mais lindas do País, isso dá pra ver facilmente, né? Aos 60 anos, vive uma fase incrível! Pelo quinto ano consecutivo, apresenta o programa Pornolânida, no Canal Brasil, e, agora, chegou ao Satyros, onde protagoniza Transex. Mas o que, talvez, vocês não saibam é que Nicole é uma das atrizes mais talentosas de sua geração e dona de uma inteligência assombrosa”, declara Ivam Cabral, um dos curadores da Mostra e também fundador da Cia. De Teatro Os Satyros.

Nicole Puzzi

Entre o final da década de 1960 e meados dos anos 1980, o cinema paulista viveu um de seus períodos mais importantes. Nos arredores da rua do Triunfo, na região apelidada pelos noticiários de “Boca do lixo”, uma série de artistas das mais diversas funções empreendeu uma intensa produção cinematográfica.

Responsável por cerca de dois terços da filmografia brasileira dos anos 1970, a Boca contava com o trabalho de cineastas e técnicos como Ozualdo Candeias, Carlos Reichenbach, Ody Fraga, Jean Garret, Antônio Meliande, Eder Mazzini, atores como David Cardoso, Roberto Miranda, Serafim Gonzalez, Ênio Gonçalves e atrizes como Helena Ramos, Aldine Muller, Patrícia Scalvi, Zilda Mayo.

Estreando no cinema em 1976 em Possuídas pelo pecado, de Jean Garret, está Nicole Puzzi, uma das maiores estrelas do cinema brasileiro e que esse ano completa 60 anos.

E foi para homenagear esta atriz, cuja trajetória passa pelo cinema, teatro e televisão, que a Cinemateca Brasileira se uniu à Associação dos Artistas Amigos da praça, a Escola livre de audiovisual e ao Canal Brasil na realização da mostra.

Filmes

Entre os destaques da programação estão filmes como Eros, o deus do amor, o sucesso Ariella, Damas do prazer; Possuídas pelo pecado; o clássico do terror As sete vampiras, e o recente curta Lembranças de Mayo.

Toda a programação tem entrada gratuita. Os ingressos serão distribuídos na bilheteria uma hora antes de cada sessão, sujeito à lotação da sala.

Para conferir a programação completa, com datas e horários, visite o site cinemateca.gov.br.  A Cinemateca fica no Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Mariana. Tel: 3512.6111.

Comentar

Teste

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!