Uma estudante da região foi “eleita” uma das “vereadoras jovens” pela Câmara Municipal de São Paulo. Mainá Cristina é estudante do Colégio Renovação e foi uma das selecionadas no concurso que avalia projetos apresentados por estudantes de escolas públicas ou particulares da capital.  Ela e os demais alunos aprovados no concurso serão ‘empossados’ nesta sexta-feira (10/11) na Câmara Municipal de São Paulo, no chamado Parlamento Jovem.Os alunos são desafiados a criar uma lei para a sua cidade que seja pertinente e criativa para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos paulistanos. Quase 200 projetos foram inscritos.

Mainá, que está no 8º ano, teve seu projeto de educação selecionado. A aluna propõe uma lei que garanta distribuição de livros paradidáticos em bibliotecas públicas municipais para crianças em idade de alfabetização. Além detalhar a execução da proposta, ela apontou as contribuições positivas para o desenvolvimento cognitivo das crianças que o projeto teria. Segundo a aluna Mainá Cristina, a inspiração veio de seus irmãos mais novos, que muitas vezes frequentavam a biblioteca, envolviam-se com os livros e queriam ficar com eles. O projeto foi apresentado à aluna pelo professor de História Diego Franco, que deu subsídios para essa conquista. “Todos nós, do Colégio Renovação estamos muito orgulhosos de fazer parte de mais essa conquista”, comenta o professor.

Realizado desde 2001, o projeto possibilita aos estudantes do Ensino Fundamental II de escolas públicas e particulares a conhecerem as funções do legislativo por meio da experiência de um dia como vereador.

Compartilhe:

Comente essa matéria: