O metrô abre nesta quinta, 5, a Estação Moema da Linha 5 – Lilás. Prometida para o ano passado, a inauguração da parada que fica junto ao Largo Nossa Senhora Aparecida acontece nos últimos dias do governador Geraldo Alckmin no cargo.

Alckmin precisa se desincompatibilizar para poder concorrer à presidência em novembro. Nesta quarta, 4, ele também participou da cerimônia de abertura da estação Oscar Freire, da Linha 4-Amarela. Construída pelo Metrô na região do Jardim Paulista, a estação é a 74ª da rede metroviária e funcionará, inicialmente, de segunda-feira a domingo, das 10h à 15h, pelo período de 15 dias.

A nova parada da Linha Amarela nem sequer está concluída: a entrada principal, na altura do 1.237 da Rua Oscar Freire, esquina com a Avenida Rebouças (sentido Centro), já está em funcionamento. Mas, a entrada secundária – no sentido Faria Lima da Avenida Rebouças – será concluída no segundo semestre, facilitando o acesso para quem vai ao Hospital das Clínicas.

Estação Moema

A estação Moema ficará ao lado da Igreja Nossa Senhora Aparecida e Largo. Como outras da linha 5, terá um amplo espaço vazio externo, uma praça que deve se transformar em uma extensão urbana do Largo, com uma cúpula na entrada. Também como outras paradas do trecho, terá um edifício externo que, o metrô alega, terá salas administrativas. Vale ressalvar que a linha será operada em Parceria Público Privada, ou seja, por empresa terceirizada.

Veja também: CET altera trânsito na região da nova estação

A estação Moema ficará próxima a vários restaurantes e comércio do bairro, além do Hospital Alvorada. O Parque das Bicicletas, que fica sobre um pátio de estacionamento e manobras subterrâneo da Linha Lilás, já foi recuperado, embora não tenha sido oficialmente “devolvido” à Prefeitura, ainda.

Há um mês, as obras da Estação Moema estavam em ritmo acelerado,
porém ainda com muitos detalhes a concluir
 
Compartilhe:

Comente essa matéria:

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!