Siga-nos

Turismo e Lazer

Zoológico tem atividades

Publicado

em

Outubro é mês da criança, da família. E o Zoológico continua em festa. Na verdade, talvez seja ainda mais interessante ir até lá agora, já que o movimento no feriadão é muito intenso.
O Zoo, além de celebrar a chegada de novos habitantes nascidos em cativeiro – dois filhotes (foto) de mico-leão-preto (Leontopithecus chrysopygus) e um mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia) – lançou uma campanha: “ “Conservar para mudar – Mudar para melhorar”.
O evento aborda o papel de zoológicos e aquários na conservação das espécies e como o Zoo tem contribuído efetivamente nesse sentido. A campanha também busca levar ao conhecimento do público de que forma, ao visitar o Parque, colabora com ações e projetos de conservação, e visa ainda gerar uma reflexão sobre como nossas atitudes diárias podem impactar, positiva ou negativamente, a biodiversidade.
Há uma programação especial de atividades no parque sobre o tema. No Espaço Vida de Bicho, na
Alameda Elefante, há apresentações educativas com animais sempre às 11h e às 14h. Há apresentações Didáticas em frente aos recintos às 10h30 (Alameda Aves – araras); 11h30 – (Alameda Aves – micos leões); 13h30 (Alameda Gavial – lobos guará); 14h30 (Alameda Felinos– Suçuarana); e 15h00 (Alameda Urso – Tamanduá-bandeira)
Já a Exposição “O Zoo vai a campo” acontece na Alameda Principal, com trabalhos de conservação in situ do Zoo, das 10h às 12h e 13h30 às 15h.
Os Jogos da Natureza são jogos, brincadeiras, cenário para fotos
e muito mais que acontecem na Alameda Lobo das 10h às 12h e das 13h30 às 15h
No Espaço “O Pulo do Sapo”,
na Alameda Aves, acontece a xposição “Olhares para a Conservação”, aberta das 09h às 12h e das 13h30 às 16h30
A Fundação Parque Zoológico de São Paulo comemora a reprodução de duas espécies de primatas ameaçados de extinção e endêmicos da Mata Atlântica,
No dia 30 de agosto deste ano, a fêmea de mico-leão-preto “Kinha” deu à luz mais dois filhotes, que ainda estão sendo amamentados e recebem cuidado intenso do pai “Calixto” e dos irmãos mais velhos. O casal vive junto desde 2010 e já gerou 17 filhotes, contribuindo significativamente para a população da espécie, que está em declínio.
O Zoo fica na Av. Miguel Estefano, 4241 – Água Funda. Há transporte em van especial a partir da estação Jabaquara do metrô. Adultos e crianças acima de 12 anos pagam R$ 25, idosos, professores e estudantes com carteirinha R$ 10. Crianças até 12 anos e deficientes têm entrada gratuita.

 

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados