Siga-nos

Saúde

Vila Clementino ganha ambulatório para gestantes e puérperas

Publicado

em

A Vila Clementino ganhou um Ambulatório Alínea Saúde Mental Perinatal. O objetivo é promover, apoiar e prevenir a saúde mental de mulheres, homens e crianças no período perinatal (da gestação até 12 meses pós-parto), por meio de atividades de assistência, ensino e pesquisa.

O ambulatório é resultado de uma parceria entre Escola Paulista de Enfermagem (EPE), Escola Paulista de Medicina (EPM) – Unidades Universitárias do Campus São Paulo da Universidade Federal de São Paulo (CSP/Unifesp) – e Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM). A proposta é que os atendimentos aconteçam de maneira centralizada, para facilitar os encaminhamentos e ampliando as possibilidades de identificação precoce, diagnóstico e tratamento especializado do sofrimento psíquico das mulheres, mas também de seus (uas) parceiros(as) e filhos (as).

O serviço, voltado para gestante, puérperas até 12 meses pós-parto e parceiro(a), prioriza pacientes oriundos do Hospital São Paulo, hospital universitário (HSP/HU Unifesp), mas atenderá pacientes externos para avaliação e encaminhamento adequado.

Ao procurarem o ambulatório, pacientes vão passar inicialmente por acolhimento e triagem. Depois, passam a ter acompanhamento psiquiátrico individual; psicoterapia individual (presencialmente e on-line); consulta de Enfermagem; grupos: preventivo, educativo e terapêutico; avaliação precoce de sofrimento psíquico do lactente e encaminhamento para o ambulatório de bebês de risco da Unifesp.

O serviço prestado pelo Ambulatório Alínea Saúde Mental Perinatal também tem o objetivo de fortalecer as ações das Escolas Paulistas de Enfermagem e de Medicina, por meio do comprometimento com a qualidade do ensino e assistência prestada à população.

Na área de educação, a proposta é permitir que graduandos e pós-graduandos possam participar das atividades a serem desenvolvidas no ambulatório, para ampliar os conhecimentos em saúde mental da mulher, homem e criança no período perinatal.

Na área de pesquisa, o atendimento realizado no ambulatório vai permitir mais estudos em saúde mental materna e ampliação para a saúde mental paterna, atualmente desenvolvidas em parceria com instituições brasileiras e mundiais, contribuindo para o cenário epidemiológico, nacional e internacional, da saúde mental perinatal bem como o ampliação das estratégias de atendimento interdisciplinar.

Atendimento

O Ambulatório começou a atender essa semana, no dia 24 de novembro, dentro do Centro Ana Abrão e BLH, na rua Diogo de Faria, 395 – Vila Clementino. As consultas devem ser agendadas pelo telefone (11) 5576-4891, falar com secretária Patrícia.

A Psiquiatria atende às terças, das 13h às 17h, na modalidade presencial.

O serviço de psicologia também atende de terça-feira, das 13h às 17h, por enquanto na modalidade on-line (modalidade presencial em breve) e de quarta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h – modalidade on-lin.

Ainda serão definidos temática, população e modalidade dos grupos a serem atendidos ali.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados