Siga-nos

Ecourbis

Vidros também podem contribuir para alimentação de bebês

Publicado

em

Maio é mês das mães e do aleitamento materno. Doar e ser solidário é possível também entre mães biológicas ou adotivas. E mais: toda a população pode contribuir com a doação de potes de vidro para armazenar o leite extraído das mulheres que estão amamentando – basta levá-los aos postos de doação, que farão a esterilização. São potes de compotas ou embalagens diversas, com tampa.

Para as mulheres que estão amamentando, a doação de leite evita o empedramento das mamas. O leite é doado para bebês internados e cujas mães não conseguem produzir leite em quantidade suficiente.

É preciso ainda se atentar às questões de higiene durante todo o processo. E em casos de congelamento, o prazo máximo é de 15 dias. No Banco de Leite, a doação passa por um processo de seleção e pasteurização.

Na Zona Sul, há banco de leite humano na Unifesp: R. Dr. Diogo de Faria , 395 Vila Clementino. Tel.: 5539-0155. E um posto de coleta na Rua Napoleão de Barros, 754 também Vila Clementino. Tel.: 11-5576-4107. O Hospital do Servidor tem outro: Rua Pedro de Toledo, 1.800 Vila Clementino – Tel: 11-4573-8172

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados