Jornal São Paulo Zona Sul

Verdejando movimentou Vila Mariana

No sábado (21), Dia da Árvore, a Vila Mariana recebeu a abertura da sétima edição do Verdejando. Pela primeira vez, foi incluído na programação um festival no Instituto Biológico, na Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, com diversas vivências na natureza, oficinas mão na terra, atividades lúdicas para as crianças, feira de produtos orgânicos, artesanais e sustentáveis, praça de alimentação com comidas saudáveis e música.

“O curso de agrofloresta com a Karin Hamzi, em que o Cacique Karaidje Kupê (Tekoa Itaendy) mostrou a sua performance na enxada, foi um dos destaques”, relata Sergio Shigeeda, ativista ambiental que participou do evento.

“A Horta da Saúde, o Cades Vila Mariana e a Agenda2030 Vila Mariana estiveram presentes com seus voluntarios expondo e falando sobre PANCS, ODS, Corredor Verde Polinizador e doação de mudas de Ora Pro Nobis, junto ao Panc do Zé, que também esteve expondo as pancs”, conta ele, que é o idealizador da horta comunitária da Saúde, localizada na Rua Paracatu e que foi criada e é mantida pela comunidade em um terreeno antes abandonado, um antigo ponto viciado de despejo irregular de entulho.

“No tour do Corredor Verde Polinizador, o pessoal da FMU participou com a catação de resíduos. Somente no trecho da Conselheiro Rodrigues enchemos um saco de 100 litros de resíduos, para somarmos ao “World Cleanup Day””, relata Sergio.

Realizado pela Rede Globo, o Verdejando teve apoio da Subprefeitura Vila Mariana, do CADES (Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz) e Agenda 2030 Vila Mariana e do Instituto Biológico.

Em seus sete anos de atuação, a iniciativa vem trabalhando para mudar a percepção que as pessoas têm sobre o verde.

Confira a galeria de imagens do evento, de autoria de Sergio Shigeeda e Horta Comunitária da Saúde

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!