Siga-nos

AudioMag

Um aparelho auditivo é mais discreto que a perda auditiva

Publicado

em

Já se passaram os dias em que o aparelho auditivo era grande e com aquela aparência feia e qualidade ruim. Muitas pessoas que conheceram alguém ou tiveram algum familiar usuário de aparelhos auditivos têm essa impressão.

Os antigos usuários sofriam com o tamanho do aparelho, apitos, péssima qualidade sonora e ruídos excessivos. Esses problemas eram tão perturbadores, que muitos usuários abandonavam o uso dos aparelhos auditivos e preferiam conviver com a perda auditiva do que com a qualidade sonora proporcionada por eles.

Assim como os computadores e celulares evoluíram, os aparelhos auditivos se tornaram muito menores e mais eficientes. As pessoas são surpreendidas ao descobrir o quanto a tecnologia avançou, por exemplo, em termos de soluções personalizadas e compreensão de fala.

A tecnologia e o design modernos tornam o aparelho auditivo mais discreto do que ter que pedir a outra pessoa para repetir o que disse, ignorá-la acidentalmente ou até mesmo dar uma resposta errada.

A tecnologia digital dos aparelhos auditivos hoje em dia permite que os usuários não sofram mais com apitos, tenham uma excelente qualidade de fala, livre de ruídos excessivos e o melhor, com um design pequeno e discreto.

Como é feita a seleção do aparelho auditivo para cada indivíduo?

A seleção do aparelho auditivo correto para cada usuário é realizada por um profissional especializado, o fonoaudiólogo.

A escolha do aparelho leva em consideração quatro fatores:

– Estilo de vida e necessidades individuais do paciente;

– Formato e dimensões da orelha do paciente;

Tipo da perda auditiva (neurossenssorial, condutiva, mista)

– Grau da Perda Auditiva (Leve, moderada, moderadamente severa, severa ou profunda)

– Configuração da perda auditiva (plana ou horizontal, descendente discreta, descendente acentuada, descendente em rampa, em U, em U invertido, entalhe, ascendente).

Faça revisão

a cada seis meses

É importante que você faça um retorno com o seu otorrinolaringologista e seu fonoaudiólogo pelo menos uma vez ao ano para verificar se houve mudança em sua perda auditiva e avaliar o desempenho dos seus aparelhos.

Caso você tenha alguma queixa, tais como, a diminuição da sua performance com os aparelhos auditivos, aparecimento ou aumento do zumbido, apitos em seu aparelho, secreção na orelha, dores, ou qualquer sintoma ou queixa, procure imediatamente o seu médico e o seu fonoaudiólogo.

A limpeza e manutenção dos seus aparelhos devem ser realizadas em casa, semanal ou quinzenalmente, dependendo da necessidade. Siga as instruções passadas pelo seu fonoaudiólogo.

A cada 6 meses traga seus aparelhos ao Centro Auditivo AudioMAG para que seja realizada uma limpeza mais profunda por um técnico eletrônico, em nosso laboratório especializado.

Tem dúvidas ou quer mais informações?

Agende uma consulta o quanto antes e garanta qualidade de vida.

Agende uma consulta para poder avaliação e mais informações.

FONOAUDIÓLOGA Alessandra Herrera

WhatsApp (11) 94197-4510

 

– AudioMAG Vila Clementino

Rua Leandro Dupret, 168

Tel.: (11) 5083-6539

www.audiomag.com.br

 

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados