Siga-nos

Transporte

Terminal Ana Rosa foi concedido à iniciativa privada

Publicado

em

Como o jornal São Paulo Zona Sul já havia antecipado, o terminal Ana Rosa foi finalmente concedido à iniciativa privada. Além dele, outros 12 terminais de ônibus ligados a estações do Metrô estão sendo administrados pela empresa Unitah Empreendimentos e Participações. Além de explorar comercialmente o local, a empresa ficará responsável pela manutenção, limpeza e segurança.

Os demais terminais concedidos estão ao lado das estações Armênia, Santana e Parada Inglesa (Linha 1- Azul); Artur Alvim, Patriarca/Norte, Vila Matilde/Norte, Penha/Norte, Carrão/ Norte, Carrão/Sul, Tatuapé/Norte, Tatuapé/Sul e Brás (Linha 3-Vermelha).

A concessão foi feita em 2019 e o concessionário pode explorar as áreas por 30 anos e até mesmo construir sobre os terminais Ana Rosa, Santana, Patriarca (Norte), Vila Matilde (Norte), Carrão (Norte), Tatuapé (Norte) e Tatuapé (Sul), seja para uso comercial ou residencial em uma área total de 84 mil m² de construções.

O valor da outorga, fator de seleção da concessão, foi de R$ 11 milhões para o Metrô, que também passará a receber a partir do quinto ano de contrato R$ 855 mil mensais ou 8% da renda bruta da exploração dos terminais, o que for maior.

O metrô alega que, além dessa receita, a concessão vai proporcionar economia de aproximadamente R$ 22 milhões por ano, valor anteriormente gasto com as despesas de conservação e manutenção dos terminais.

O metrô também lançou novo edital para conceder áreas comerciais de 14 estações da Linha 2-Verde. A concessão vai resultar na ampliação dos espaços comerciais, além da implantação de sanitários de uso público em nove dessas estações.

O vencedor da concorrência vai poder explorar comercialmente por 30 anos os espaços e terá que realizar investimentos como contrapartida para melhorar a infraestrutura das áreas comerciais, ampliando em 40% os espaços disponíveis atualmente, chegando ao total de 1.400 m² de áreas comercializáveis.

Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. Olga Maria Cerqueira Jordão Ribeiro

    20 de abril de 2020 at 5:00

    Soube que iriam plantar ipês rosas e amarelos para alegrar a praça! Já desistiram? O verde faz parte de uma vida mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados