Siga-nos

Comunicação

Jornal São Paulo Zona Sul completa 59 anos

Publicado

em

Primeira capa do jornal São Paulo Zona Sul, publicado em 17 de julho de 1960

 

Em 1960, 17 de julho foi um domingo. Naquele dia, vários entregadores de jornal saíam às ruas dos bairros Vila Mariana, Jabaquara, Saúde e outros próximos para distribuir a primeira edição do São Paulo Zona Sul, jornal que surgiu a partir da união de jornalistas que também atuavam no movimento de associações de moradores de bairro. Entre eles, Luiz Ismar D’Angelo Netto, que participou da fundação como jornalista e adquiriu a empresa na década de 1970, mantendo-se em sua direção até 2003, ano em que faleceu.

O atual subprefeito do Jabaquara e deputado federal por oito mandatos, Arnaldo Faria de Sá, foi um dos entregadores de jornal em sua juventude, na década de 1960. “Eu trabalhava em um escritório de contabilidade como office boy e, aos finais de semana, entregava o São Paulo Zona Sul”, relembra ele.

Desde o primeiro número, já são quase 3 mil edições entregues na mesma região, num total que se aproxima de 100 milhões de exemplares ao longo das quase seis décadas, sempre privilegiando o noticiário local, prestando serviços, cobrando melhorias urbanas, divulgando opções de lazer e cultura, gastronomia e passeios pela região.

O jornal passou por diversas mudanças nesse período: já foi quinzenal, teve formato tablóide, voltou a ser standard, passou a ser semanal e distribuído às sextas. Houve também mudanças editoriais, de direção, mas o objetivo central de ser um veículo de conteúdo com foco comunitário se mantém.

Em uma cidade do porte de São Paulo, buscar o desenvolvimento regional e estimular a prática de cidadania a partir da vivência cotidiana das pessoas é nosso objetivo.

No detalhe da capa do primeiro aniversário, foto com o jornalista Luiz Ismar D’Angelo Netto

Atualmente, o jornal mantém sua preocupação em desenvolver pautas exclusivas e fomentar o comércio de forma regional. “O incentivo à descentralização em metrópoles é uma tendência mundial para minimizar problemas de trânsito, reduzir a demanda por transporte público, melhorar a segurança pública com a ocupação de espaços comuns e geração de emprego e renda, com consequente aumento da qualidade de vida para todos”, diz Wagner Luiz D’Angelo, que está na direção do jornal desde 1982.

Digital

Além da edição impressa, o São Paulo Zona Sul hoje investe na produção de material para a internet. Todas as matérias que integram a edição em papel são reproduzidas no site jornalzonasul.com.br, com divulgação em redes sociais.

Desde 2008, mais de 600 edições em formato pdf também estão disponíveis na plataforma Issuu.com, formando um grande acervo digital exclusivo. Em breve, as edições desde o ano 2000 serão acrescentadas a essa biblioteca, totalizando 20 anos de presença digital.

O site agora também passa a contar com atualizações diárias. Aos poucos, outras novidades serão acrescentadas ao ambiente digital, em sintonia com as demandas da comunicação moderna.

“Em julho de 2020, celebraremos os 60 anos do jornal São Paulo Zona Sul com várias mudanças, mas certamente mantendo a preocupação que hoje é foco das políticas de sustentabilidade pelo mundo todo: pensar global e agir local”, conclui Ana Coluccio, editora responsável, que está na redação desde 1990.

 

 

Advertisement
7 Comentários

7 Comments

  1. Paulo

    17 de julho de 2019 at 19:35

    Contando e participando a vida dos bairros da zona sul de São Paulo jornal raiz tradição no seu portão toda sexta

  2. Diana Guerreiro

    17 de julho de 2019 at 20:36

    Amei!
    Obrigada por enviar o link!
    Informação com conteúdo e relevância!
    Parabéns

  3. Rogério T Lima

    17 de julho de 2019 at 20:44

    59 anos não é pra aventureiros, parabéns pela credibilidade e preocupação que demonstram com assuntos e notícias pertinentes a região.

  4. MARIA GORETI FIGUEIREDO

    17 de julho de 2019 at 21:44

    Sempre gostei muito desse jornal que traz as novidades e principais notícias de nossos bairro e região. Antigamente recebia um exemplar em casa toda semana, depois foi mudando e hj em dia só consigo pegar um exemplar em algum comércio próximo, pena que a distribuição as residências foi paralisada.

  5. Maria de Lourdes Ferreira

    17 de julho de 2019 at 23:05

    Parabéns! É possível consultar as edições dos anos 1960?

  6. Maria de Lourdes Ferreira

    17 de julho de 2019 at 23:06

    Parabéns! As primeiras edições estão digitalizadas também?. Como consultá-las?
    Obrigada

    • Jornal Zona Sul

      18 de julho de 2019 at 12:32

      Olá, Maria de Lourdes, ainda não! 🙁 Mas é um projeto futuro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados