Siga-nos

Saúde

Reforma de hospital está atrasada no Jabaquara

Publicado

em

Em junho do ano passado, ao firmar convênio com o Hospital Israelita Albert Einstein para reabertura do antigo Hospital Santa Marina, a Prefeitura anunciou a intenção de reabri-lo em quatro meses. Depois, passou a informar que só seria aberta em 2014 a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com funcionamento paralelo ao Hospital, mas nem isso acabou ocorrendo. A UPA só foi inaugurada em janeiro, durante as comemorações do aniversário da cidade.
E o Hospital? Na inauguração da UPA, o prefeito Fernando Haddad anunciou que ele só teria alguns leitos iniciando operação em maio: como celebração do Dia das Mães, o antigo Santa Marina abriria a maternidade. Já o funcionamento integral da unidade foi prometido apenas para o final do segundo semestre de 2015.
Procurados na semana passada, entretanto, o Hospital Albert Einstein, responsável pela reforma e futuro gerenciamento da unidade, e a Secretaria Municipal de Saúde se limitaram a dizer que não há data prevista para a abertura dos leitos iniciais. O jornal São Paulo Zona Sul apurou que a expectativa é de que o início da operação ocorra em 1 de junho.
O antigo hospital Santa Marina deverá se chamar Hospital da Vila Santa Catarina após sua reabertura. Localizado no Jabaquara, mais especificamente na Avenida Santa Catarina, o hospital já foi particular e funcionou por 40 anos. Mas, foi à falência e o prédio ficou abandonado por cerca de três anos, até que foi a leilão e acabou arrematado pela Amil.
A prefeitura, entretanto, acabou revertendo o negócio e desapropriou a unidade, estabelecendo um acordo com a operadora de planos de saúde. A unidade passará a oferecer atendimento 100% pelo SUS, com o apoio do Ministério da Saúde e gerenciamento em convênio com o Hospital Albert Einstein para reabrir 100% SUS.
Dos 260 leitos previstos, 170 serão para atendimento geral, 60 especializados e 30 de UTI. O novo hospital terá capacidade de internação de 19 mil pacientes por ano. Terá cinco salas de centro cirúrgico, 34 leitos de obstetrícia de alojamento conjunto, além de uma central de apoio diagnóstico e terapêutico. Prevê-se a realização de 63.555 procedimentos por mês em todo o De acordo coma própria Prefeitura, a reabertura do antigo Santa Marina atende a uma demanda histórica dos movimentos sociais e saúde das zonas sul e sudeste. A região sul conta hoje com 0,7 leitos por mil habitantes, quando o padrão do Ministério da Saúde é de 2,5 a 3 leitos por mil habitantes.
UPA
Vale ressaltar, por outro lado, que quem busca atendimento médico na região já tem contado com a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, que oferece clínico geral, cirurgião, pediatra e ortopedista. Ali são atendimdos casos urgentes, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. De acordo com o Ministério da Saúde, 97% dos casos são solucionados nas próprias UPAs. Médicos analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação. A capacidade da UPA Vila Santa Catarina é de atender 500 pessoas por dia.

 

 

Einsten vai gerenciar o antigo “Santa Marina

“Ao ver nesses últimos meses a qualidade daqueles que se envolveram no projeto, eu posso garantir que teremos um hospital de alto padrão técnico, é verdade, mas sobretudo, de um padrão humano inigualável”. A frase foi dita por Cláudio Lottenberg, presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein há quase um ano, em junho de 2015, quando assinado o convênio com a Prefeitura para a reabertura do antigo Hospital Santa Marina.
A previsão de gastos é de R$ 134 milhões por ano, dos quais R$ 18 milhões serão provenientes do pagamento dos procedimentos realizados mediante tabela SUS e R$ 116 milhões virão do Einstein com recursos do Proadi-SUS, processo de pactuação entre o hospital privado e o Ministério da Saúde, garantindo mais de 60 mil atendimentos por mês.
O Hospital Albert Einstein está reformando e equipando, assim como vai gerenciar o antigo Hospital Santa Marina sem qualquer ônus financeiro para o município, com a garantia da oferta de 100% dos leitos para o SUS. Para a reforma do prédio e a instalação de equipamentos, o Einstein investirá R$ 24 milhões. O Hospital Municipal da Vila Santa Catarina, que ocupa um terreno de 15 mil metros quadrados e área construída de 25 mil metros quadrados.

Advertisement
4 Comentários

4 Comments

  1. pascoalino tadeu marques

    13 de julho de 2015 at 9:50

    preciso de um exame detomografia doa pulmões marcado desde o primeiro dia de greve que seria feito as 16 horas do mesmo dia porem preciso do exame com urgencia e ate hoje não o fiz e niguem me da uma noticia apenas discaso tenho 64 anos e acho que eu merecia uma atemção sem esperança obrigado

  2. Tatiana

    27 de julho de 2015 at 12:13

    Bom dia, gostaria de saber como será feito o pagamento dos funcionários antigos do Hospital Santa Marina? Obrigada

  3. celia

    12 de agosto de 2015 at 17:22

    Oi boa tarde gostaria de saber, como vai ser o processo seletivo, onde entregar currículo.

  4. Maria Cristiane Menezes de Oliveira

    11 de março de 2016 at 12:58

    Bom dia,
    Gostaria de saber se existe um email específico para enviar currículo.
    Se não como devo enviar?
    Sou Enfermeira e gostaria de trabalhar nesse hospital.
    Aguardo resposta obrigada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados