Jornal São Paulo Zona Sul

Prefeitura atua para abrigar pessoas em situação de rua na Vila Mariana durante noites frias

As temperaturas voltaram a cair e o frio intenso coloca em risco a saúde e a vida de muitas pessoas que estão em situação de rua em São Paulo.

Essa semana, equipes da Secretaria de Subprefeituras, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social – SMADS, entregaram cobertores às pessoas em situação de rua nas regiões da Vila Mariana, Sé, Mooca, Pinheiros e Lapa.

Na região da Sub Vila Mariana, com os termômetros marcando 9° C na noite de terça, 16, foram distribuídos cerca de 50 cobertores e chocolate quente preparado pelo CTA (Centro Temporário de Acolhimento) Vila Mariana nas regiões da Rua Domingos de Morais, Praça Rodrigues de Abreu, Rua Santa Cruz e Largo Ana Rosa em parceria com as Subprefeituras Santana/Tucuruvi, Santo Amaro, Jabaquara, Ipiranga e Capela do Socorro.

A Operação Baixas Temperaturas, que ocorre em toda a cidade, segue até o dia 20 de setembro e é intensificada sempre que a temperatura atinge um patamar igual ou inferior a 13º ou sensação térmica equivalente.

Para solicitar ajuda a pessoas que necessitem de abordagem ou encaminhamento aos Centros Temporários de Acolhimento nas noites frias, qualquer pessoa pode ligar no 156.

Balanço

A Secretaria de Assistência de Desenvolvimento Social (SMADS) atendeu durante a Operação Baixas Temperaturas das noite de 16 e 17 de julho 326 pessoas em situação de rua, que resultaram em 271 encaminhamentos para centros de acolhidas municipais e 55 recusas.

A SMADS possui 148 serviços para população em situação de rua e aproximadamente 22 mil vagas, sendo 18.411 de acolhimento.

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!