Jornal São Paulo Zona Sul

Parque da Independência será ampliado

Para marcar o início das comemorações dos 200 anos da Independência do Brasil, a Prefeitura de São Paulo assinou neste domingo, o contrato que prevê a primeira fase da ampliação do Parque da Independência, localizado no bairro Ipiranga, Zona Sul da capital. A área atual, de 161 mil m², terá um acréscimo de aproximadamente 26 mil m², com previsão de término das obras em oito meses.

“Política pública não é corrida de 100 metros rasos. Política pública é uma corrida de revezamento. Essa obra se deve ao trabalho de inúmeras pessoas que começaram isso lá atrás e que permitiram que a gente desse continuidade”, destacou o prefeito Bruno Covas.

Os recursos para a primeira etapa, cerca de R$ 1,6 milhão, foram obtidos junto ao Fundo Especial do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (FEMA) e prevê novos caminhos, acessos, melhorias na acessibilidade, playground, equipamento de ginástica, integração da Casa do Grito, jardim e iluminação.

A empresa FFL será a responsável pela realização das obras de ampliação, elaboração e levantamento topográfico planialtimétrico cadastral, sondagem e projeto executivo da 1ª fase de ampliação do Parque da Independência.

A segunda e última fase, com valor previsto de R$ 255.920, já está em fase de contratação de Projeto Básico Completo que permitirá a futura implantação de pista de skate, vestiários, sala do Conselho Gestor e de apoio ao turista, viveiro, instalação de bancos e locais para piquenique, além de espaço para exposições arqueológicas.

Parque Independência

O Parque Independência é um dos mais significativos da cidade. Sua área existe desde 1909 às margens do córrego do Ipiranga, onde D. Pedro I proclamou a Independência do Brasil em relação a Portugal, no dia 7 de setembro de 1822.

O parque conta com jardins em estilo francês, ricos em árvores podadas em estilo ornamental, que conduzem ao Museu do Ipiranga, e é tombado por três órgãos de patrimônio (Condephaat, CONPRESP e IPHAN). Tem em seu entorno também a Casa do Grito, o Monumento da Independência e a Cripta Imperial, além do Museu Paulista e de Zoologia.

Fonte: Prefeitura/SP

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!