Jornal São Paulo Zona Sul

O que é, o que é? Um barulhinho que está sempre lá

Será uma abelha, um rádio ou uma panela de pressão?

Estas são apenas três das muitas descrições que ouvimos diariamente quando o assunto é ZUMBIDO.

É importante saber que o zumbido não é uma doença, e sim um  sintoma no qual o paciente tem a sensação da percepção de um som sem haver uma fonte física ou causa externa identificável, causando um enorme desconforto e atrapalhando o cotidiano.

Indivíduos com zumbido relatam problemas para dormir; necessidade de evitar situações ruidosas; dificuldade de concentração; Além da experiência de desespero, frustração, irritação, depressão, medo e preocupação.

Diante disto, muitos pacientes chegam preocupados em nosso consultório pois acreditam ser um problema grave, ou a possibilidade de estarem “ouvindo coisas”, alguns chegam a dizer “será que estou ficando maluco?”. Calma! Não é nada disso! A verdade é que este som percebido é real, e tudo acontece em nosso córtex auditivo – Existem muitas explicações relacionadas a fisiologia do zumbido e como tudo acontece, mas deixaremos este assunto complexo para uma conversa pessoal.

Neste momento é importante você saber que cerca de 15% da população mundial, sendo em maioria idosos (33% deles) são diagnosticados com zumbido, isso porque uma das principais causas do zumbido é a perda auditiva, e. além desta, podemos destacar ainda: diabetes, problemas cardiovasculares, acúmulo de cera no ouvido, doenças do labirinto, problemas musculares, hipotireoidismo e a exposição à sons intensos.

A pergunta é: O que fazer? Afinal, Zumbido tem cura?

O zumbido não tem cura, porém, com o avanço tecnológico e esforços em pesquisas, hoje em dia podemos afirmar que existem tratamentos eficazes e vemos diariamente em nosso consultório pacientes com relatos positivos em relação à diminuição da percepção do zumbido.

É preciso buscar ajuda de um especialista, pois esta história de que você precisa se acostumar com o zumbido já saiu de moda!

Saiba que existe um protocolo específico para avaliação do zumbido e o uso do aparelho auditivo com o recurso “gerador de som” tem proporcionado mudanças importantes no comportamento auditivo das pessoas acometidas com este sintoma, além de uma melhor qualidade de vida, social e emocional.

AGENDE UMA AVALIAÇÃO!

Fonoaudiólogas

ALESSANDRA HERRERA

DIANE MICHIUTI


– AudioMAG Vila Clementino

Rua Leandro Dupret, 168

Tel.: (11) 5083-6539

WhatsApp* (11) 94197-4510

 


– AudioMAG Campo Belo

Avenida Vereador José Diniz, 3457 – sala 810

Tel.: (11)  5531-7504 *

WhatsApp (11) 93401-3001

 


www.audiomag.com.br

Comentar