Siga-nos

Artigo

O que é essa tal de Bitcoin?

Publicado

em

A criptomoeda projetada por Satoshi Nakamoto funciona como uma moeda virtual.

Quando você trabalha, recebe dinheiro em cédulas que podem ser trocadas por produtos ou serviços. O Bitcoin é como cédula virtual, feita com códigos em vez de papel.

Em seu site, a criptomoeda é definida da seguinte forma:

“Ela é uma tecnologia digital que permite reproduzir em pagamentos eletrônicos a eficiência dos pagamentos com cédulas de papel. Pagamentos com bitcoins são rápidos, baratos e sem intermediários. Além disso, eles podem ser feitos para qualquer pessoa, que esteja em qualquer lugar do planeta, sem limite mínimo ou máximo de valor.”

O Bitcoin é uma moeda online com tráfego de pagamento P2P (peer to peer), ou seja, ela não precisa de um servidor central intermediário.

No sistema P2P, você não tem uma instituição financeira, por isso é instantâneo e o custo é reduzido.

As transações online atuais requerem a mediação de instituições financeiras.

Usando Bitcoin, o processo de compra de produtos com notas em lojas físicas será muito simples: Imagine comprar uma camisa em uma loja física por 50,00 reais: você entrega o dinheiro e pode sacar o produto sem a mediação do banco. Da mesma forma é uma transação virtual com criptomoeda, razão pela qual se popularizou por ser P2P, por isso é barato e rápido.

Assim como as notas reais tem tecnologia de proteção, a moeda virtual também tem.

As novas cédulas do Real apresentam listras holográficas, alto relevo, elementos fluorescentes, fios de segurança, marcas d’água, quebra-cabeças, impressões de redução e números ocultos. Existem muitas tecnologias para evitar falsificações, certo?

Da mesma forma, para não clonar a moeda virtual, ela é protegida por um conjunto de princípios e técnicas chamado riptografia.

Criptografia: é um conjunto de tecnologias destinadas a proteger informações de forma que somente pessoas que conheçam o código possam lê-las, garantindo assim a segurança das informações.

Para efeito de analogia, é como enviar uma caixa trancada para um amigo por meio de um mensageiro: ele dará a caixa para outra pessoa, mas não poderá abri-la, apenas o amigo que estiver com a chave poderá abrir..

Renan Freitas, CFEd®

(Certified Financial Educator)

Siga em instagram.com/
focanoaporte

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados