Siga-nos

Saúde

Novo hospital universitário será aberto na Vila Clementino

Publicado

em

O Ministério da Educação (MEC), autorizado pelo ministro Rossieli Soares, repassou ao Hospital Universitário 2 da Universidade Federal de São Paulo (HU2/Unifesp) nova verba no valor de R$ 4.6 milhões, para equipar as seis salas do centro cirúrgico. Até o momento, foram investidos aproximadamente R$ 60 milhões na nova unidade, que está em processo de finalização, com previsão de entrega das áreas iniciais de ocupação ainda em dezembro.

Estratégico para a reorganização e verticalização do Campus São Paulo, o HU2 se estabelecerá como um ambulatório de especialidades, centro de procedimentos cirúrgicos de pequeno porte, centro diagnóstico e áreas qualificadas como “hospital dia”, constituindo assim um núcleo integrado de ensino, pesquisa e assistência em saúde, em colaboração e parceria permanentes com o Hospital São Paulo (HSP) e com as Escolas Paulista de Medicina (EPM) e Paulista de Enfermagem (EPE).
Ele possui 16 mil m² de área construída e conta com 16 andares, onde funcionarão, além das seis salas cirúrgicas, 120 consultórios, 25 leitos de internação/dia, sete leitos de recuperação pós-anestesia, sendo um importante espaço para a formação dos residentes médicos e multiprofissionais da universidade.

O projeto

As obras de expansão incluem o projeto do Centro de Ensino, Pesquisa e Atenção Integrada em Saúde (CEPAIS), que abrigará consultórios e serviços ambulatoriais do hospital universitário.

O novo centro médico contará com centro cirúrgico para procedimentos de baixa complexidade, centro de diagnósticos de imagem, 120 consultórios, além de outras estruturas. No total, o novo prédio custará R$ 29 milhões de reais.

Havia estudos para que a nova unidade conseguisse reunir todos os atendimentos ambulatoriais do hospital universitário mas, de acordo com a Unifesp, o projeto de ocupação ainda está em fase de definição.
O CEPAIS funcionará na Rua Botucatu, 821, também na Vila Clementino e a poucos metros do Hospital São Paulo em frente ao anfiteatro Marcus Lindemberg.

O planejamento de reformas do complexo HU/HSP/Unifesp faz parte de um programa mais amplo, conhecido como Programa de Verticalização, principal projeto de infraestrutura do Campus São Paulo, uma das propostas apresentadas no Plano de Desenvolvimento Institucional 2016-2020 e nas oficinas de trabalho do Plano Diretor de Infraestrutura do campus. O objetivo é concentrar e integrar os serviços e atendimentos, dispersos em vários imóveis da região da Vila Clementino, em um único espaço.

O novo complexo deve ter características de um Hospital-Dia, além de contar com os serviços assistenciais e de apoio às atividades dos docentes e discentes da instituição.

Com informações da Unifesp

Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. Maria da Penha Boselli

    16 de dezembro de 2018 at 14:16

    muito bom
    moro aqui na Napoleão e vi a desse prédio
    Excelente !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados