Jornal São Paulo Zona Sul

Na Vila Mariana, começaram as obras para ciclovia Domingos de Moraes

As obras começaram! A ciclovia da Rua Domingos de Morais, que vai ligar a pista exclusiva da Rua Vergueiro com a ciclofaixa da Avenida Jabaquara, já está em obras, finalmente, agradando aos cicloativistas, desagradando outra parcela.

Inegavelmente, entretanto, a ciclovia – em especial por ser segregada, ou seja, separada das faixas de rolamento – deve gerar mais segurança para quem usa as bikes, motoristas e pedestres. Vale ressaltar o recente e intenso aumento na circulação de bicicletas nos serviços de entrega por aplicativos.

As obras já começaram na região da estação Vila Mariana, onde será feita a conexão da Vergueiro. Durante anos, a ciclovia não pode ser instalada ali por conta das obras de expansão da Linha 5 – Lilás, do metrô, que ocupavam parte da pista junto à região da estação Santa Cruz.
A construção da ciclovia será custeada pelo Colégio Marista Arquidiocesano, como compensação por ser um polo gerador de tráfego na região. Na semana passada, o colégio já havia informado que começariam a ser instalados os tapumes e proteções em concreto que, ainda conforme as explicações do colégio, estão sendo confeccionados. “Estima-se que o restante do projeto dure cerca de 100 dias dependendo das condições climáticas e demais intercorrências que podem impactar o andamento das atividades”, indicava nota enviada pelo colégio.

O novo Plano Cicloviário da cidade de São Paulo prevê 173 quilômetros de novas conexões (integração da malha) e 310 quilômetros de reformas e melhorias em estruturas já existentes, sendo que 41 já foram entregues e outros 92 estão em obras. O projeto também prevê 12 quilômetros de remanejamentos, considerando as particularidades do viário, a segurança dos usuários e a fluidez no trânsito. A Prefeitura garante que nenhum quilômetro será retirado.

O investimento no Plano Cicloviário é de R$ 325 milhões, acompanhado de um projeto de recapeamento orçado em R$ 250 milhões. No total, a cidade passará dos atuais 503 quilômetros para 676 quilômetros de vias para ciclistas em 2020.

Entre as promessas, há novas pistas exclusivas para bikes previstas na rua Luís Góis, corredor formado pelas avenidas Prof. Abraão de Moraes/Ricardo Jafet, além de conexão da Avenida Bosque da Saúde com a ciclofaixa da Avenida Jabaquara.

1 comentário

  • Que draga!!
    E com certeza o canteiro com as poucas plantas que lá existes vão pro raio que o parta!!
    Não é hora de implantar ciclovia, o correto para melhoria do trânsito na região seria implantar um corredor de ônibus! Faria muitos mais sentido e com PLENA certeza seria mais útil aos moradores e trabalhadores da região!!

    Bruno Covas consegue piorar cada vez mais seu já péssimo mandato!!

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!